80 anos de Paulinho da Viola: compositor escreveu abertura da novela 'Pecado capital' na hora em que foi acionado pela Globo

Neste sábado, o cantor e compositor Paulinho da Viola completa 80 anos de vida, cheios de sucessos. O artista portelense tem uma vasta obra e também fez canções que embalaram novelas da Globo. Uma delas é "Pecado capital", trama de Janete Clair de 1975, protagonizada por Francisco Cuoco. A música homônima acabou se tornando uma das suas faixas mais ouvidas.

Uma curiosidade sobre esta composição é que ela foi feita de uma maneira inusitada e a contragosto do próprio artista.

Diretor musical da Globo naquela época, Guto Graça Mello contou que precisou refazer a trilha da novela três dias antes da estreia, em entrevista ao podcast "G1 ouviu". Ele explicou que as músicas para aquela produção tinham sido escritas pelo músico e jornalista Nelson Motta, mas que ele não tinha entendido direito a proposta da novela e fez tudo com grupos de rock da época, o que não tinha a ver com a história, segundo a emissora. Foi então que ele procurou Paulinho da Viola.

"Liguei para o Paulinho, ele foi para o meu escritório, falei que estava precisando da ajuda dele e pedi para trazer o violão. Disse que a história da novela era essa e queria que ele fizesse o tema de abertura. Expliquei tudo, inclusive a cena final como seria, que é o dinheiro voando. Contei por acaso, era uma coisa que eu nem deveria fazer", lembrou ele, em entrevista para a apresentadora Gabriela Sarmento.

Foi neste momento que Guto lembra que Paulinho tomou um susto, ao saber o prazo que teria para entregar a composição.

"Ele perguntou para que dia era isso. Eu respondi que era para agora. Ele gritou: 'Como é que é?'. Disse para ele sentar, que eu ficaria ali com ele e você compõe agora, tem que ser hoje. Expliquei o drama. Ele disse: 'Eu não sei trabalhar assim'. Respondi que vai saber agora, desculpa. E aí ele usou a cena final com 'Dinheiro na mão é vendaval'. A música saiu assim, parecia coisa de Deus mesmo. Saiu assim inteira", completou ele.

"Pecado capital" foi a primeira novela em cores a ser exibida na Globo na faixa das oito. O fato também inaugurou uma nova forma de fazer trilhas sonoras na casa, que até então eram compostas por um único artista, de maneira geral. A trama contava a história de Carlão, um motorista de táxi que encontra uma mala cheia de dinheiro no seu carro. Então ele entra no dilema do que fazer com aquilo.