87% dos vendedores digitais não se sentem preparados para o futuro

  • Estudo mostrou que os empreendedores ainda encontram dificuldades com plataformas digitais

  • Conhecer as ferramentas corretas para a gestão do negócio traz confiança para lojistas

  • Maior parte dos vendedores digitais deve investir em compras diretas em rede social

Um estudo desenvolvido pela Nuvemshop, provedora de plataforma de e-commerce, em parceria com o portal E-commerce Brasil, revelou o nível de conhecimento dos lojistas sobre novas tecnologias e estratégias de vendas.

A pesquisa “Futuro do E-commerce” mostrou que 87% dos empreendedores não se sentem preparados para o futuro. Dos 11% que dizem estar prontos, 60% das tecnologias e modelos de vendas citados na pesquisa, como suporte automatizado e reconhecimento facial, para desenvolver e modernizar suas lojas online, mas utilizam apenas 20% dessas tecnologias nos seus negócios.

Já as as pessoas não-preparadas conhecem bem menos tecnologias, somente 32% das mapeadas, e apenas 8% delas são aplicadas no cotidiano. Isso dificulta a preparação para atendimento ao consumidor no ambiente digital.

“Mesmo com diferenças entre os empreendedores no que diz respeito à confiança no futuro, a capacitação tecnológica já é um fator catalisador para a modernização das estratégias de negócios. Sem dúvidas, mesmo diante de desafios que já são parte da jornada empreendedora, o futuro para os empreendedores que buscam e aderem às inovações será promissor”, afirmou Luiz Natal, especialista em e-commerce e gerente de Desenvolvimento de Plataforma da Nuvemshop.

Os dados coletados ainda mostram que 65% dos empreendedores no digital deve investir em compras diretas em rede social, 56% apostam na logística reversa e 54% pensam em produtos com marca própria. Além disso, 68% dos empreendedores possuem conhecimento sobre comércio sustentável e produtos verdes e 35% pretendem trazer estas realidades para seus pequenos e médios negócios.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos