9 a cada 10 pessoas querem que empresas informem salário nos anúncios de emprego

Pesquisa aponta que 90% dos candidatos gostariam de saber o salário pagos pelas companhias (Getty Image)
Pesquisa aponta que 90% dos candidatos gostariam de saber o salário pagos pelas companhias (Getty Image)
  • Enquete mostra que candidatos querem saber os salários oferecidos pelas empresas

  • Projeto de lei propõe que a faixa salarial seja divulgadas junto com as vagas

  • Quase metade das pessoas se candidatariam para processos que pagam menos do que o esperado

Vaga? Confidencial. Empresa? Não informada. Salário? A combinar. Funções? Meia noite eu te conto um segredo. Pode parecer brincadeira, mas essa é realidade de muitos anúncios de vagas de emprego que circulam pela internet.

Enquanto os candidatos são obrigados a falar até o signo, em alguns casos, as companhias se preocupam cada vez menos em divulgar informações sobre a oportunidade ofertada.

Empresários alegam diferentes razões para tamanho mistério. Alguns dizem que não definiram ainda a faixa salarial, outros não querem que os funcionários saibam quanto os colaboradores novos receberão e alguns admitem que fazem leilão entre os candidatos.

Apesar de ser uma prática comum, essa não é uma medida que agrada aos brasileiros. Em uma enquete realizada pela página Festa da Firma, encomendada pelo G1, 90% das pessoas que votaram disseram que são a favor da divulgação de salários nos anúncios de vagas. O levantamento contou com a participação de 20 mil pessoas.

Essa discussão voltou para as redes sociais após a criação de um projeto de lei que propõe que seja informada a faixa salarial na divulgação de oportunidades de trabalho. A proposta legislativa deve passar por comissões da Câmara dos Deputados e poderá ser aprovada sem necessidade de tramitar pelo Plenário da Casa.

O levantamento aponta que 96% das pessoas pensaria melhor em se candidatar a uma vaga se ela trouxesse o valor do salário. No entanto, 70% consideram que isso pode criar conflitos dentro da empresa por conta da exposição da faixa salarial e 40% acham que mostrar esse tipo de informação expõe dados estratégicos aos concorrentes.

A pesquisa ainda mostra que 47% se candidatariam a uma vaga mesmo achando que o salário anunciado não atende à expectativa. É importante ressaltar que 10,6 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil e 90% dos que buscam por uma colocação no mercado aceitariam ganhar menos, de acordo com um estudo conduzido pela consultoria de RH Luandre.

Mesmo assim, os cidadãos estão cansados de participar de extensos processos seletivos sem saber quanto podem ganhar no emprego novo. Afinal, uma grande parte das pessoas que querem trabalhar compartilham de uma mesma paixão: a de não passar fome no final do mês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos