• Jean Wyllys chama Carlos Bolsonaro de 'bicha travada num armário' e faz acusações
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Jean Wyllys chama Carlos Bolsonaro de 'bicha travada num armário' e faz acusações

    As acusações feitas por Wyllys têm como base um link compartilhado por ele logo após fazer, sem citar nomes, apontamentos a um filho do presidente

  • 'Meu filho não quer falar comigo', diz Zé Neto, da dupla com Cristiano
    Notícias
    Folhapress

    'Meu filho não quer falar comigo', diz Zé Neto, da dupla com Cristiano

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Zé Neto, da dupla com Cristiano, chorou diante de uma multidão neste sábado (15) durante a festa do peão de Americana, a 127 km da capital São Paulo. Ao público, ele pediu desculpas, porque não estava em "um dia muito bom". "Sinto saudade do meu filho. Ele não quer falar comigo. Sei que ele é criança e não entende, mas um dia irá entender tudo o que faço por ele e nossa família. Muito obrigado por tudo que vocês têm feito por nós, estou aqui, porque amo cantar para vocês", confessou Zé Neto, que se tornou pai de José Filho há dois anos e foi consolado pelo parceiro Cristiano. "A gente não consegue ser tão presente quanto gostaria. Não voltamos pra casa às 18h, como um trabalho normal. Não me lembro do último churrasco que fizemos em família", completou Cristiano que retomou no último dia 6 de julho a rotina de shows após uma semana de repouso por conta de uma apendicite. À reportagem, a dupla chegou a comemorar pequenos ajustes que conseguiram dar na agenda para ter mais tempo para a família. "Não tem como parar. Você cansa, ninguém é um robô, mas passam três ou quatro dias e a gente já está louco para voltar", afirmou Cristiano.  "As dobras (quando fazem dois shows por dia) diminuíram, apesar de hoje serem duas apresentações", disse Zé Neto. "Mas não é mais uma rotina, a gente estuda uma vez ou outra, para não falhar com nenhum contratante, nenhuma cidade. Assim a gente consegue ficar mais perto da família", completou. Em números, a dupla costumava fazer até quatro noites seguidas com dobras de apresentações durante o ano de 2018. No primeiro semestre, os dois cantores afirmam que fizeram em média duas dobras por mês. Em tempo: a dupla estuda a gravação de um novo DVD no segundo semestre deste ano. Para animar os fãs, os sertanejos decidiram lançar uma espécie de enquete em suas redes sociais pedindo sugestões de cidades para recebê-los.

  • 'Não desejaria a inimigo', diz mulher de Mauro Naves sobre afastamento do repórter
    Notícias
    Folhapress

    'Não desejaria a inimigo', diz mulher de Mauro Naves sobre afastamento do repórter

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Afastado de suas funções no esporte da Globo, o repórter Mauro Naves segue sem expectativa de retorno à emissora. O jornalista passou o telefone do pai do jogador Neymar ao advogado de Najila trindade, quem o acusa de estupro. A emissora não gostou do envolvimento dele no caso. Em entrevista ao TV Fama, a atriz Patricia Naves, mulher dele, desabafou e falou da dor que ele e toda a família estão sentindo com a decisão. "Acho que ninguém deveria passar o que o Mauro está passando. Eu preferiria não falar, mas não posso. A dor que todos nós da família estamos passando, não desejaria ao meu pior inimigo", disse. De acordo com ela, a família está chocada com a repercussão que o caso tomou. Foi William Bonner quem leu a nota de afastamento do profissional, ao vivo, no Jorna Nacional. "Em função de uma pessoa que simplesmente não fez nada. Ele forneceu [o telefone] a partir do momento em que ele ligou para o pai do Neymar e perguntou se poderia dar o telefone. Qual o problema de você dar um telefone de uma pessoa com autorização da outra?", defendeu. Patricia contou ainda que o marido se mantém firme com relação à sua conduta. "Mas o sofrimento da família e o que ele está passando em consequência disso eu não desejo a ninguém. Tenho certeza da honestidade do meu marido, podem procurar, não vão achar nada", finalizou.

  • Revólver do suposto suicídio de Van Gogh vai a leilão
    AFP

    Revólver do suposto suicídio de Van Gogh vai a leilão

    O revólver, com o qual Vincent van Gogh teria se suicidado, conhecido como "a arma mais famosa da história da arte", será leilão nesta quarta-feira em Paris.

  • Vírus que ataca cérebro mata mais de 100 crianças em estado indiano de Bihar
    Notícias
    AFP

    Vírus que ataca cérebro mata mais de 100 crianças em estado indiano de Bihar

    O estado indiano de Bihar enfrentava, nesta segunda-feira (17), duas crises de saúde. Por um lado, um vírus cerebral que estaria vinculado ao fruto tropical lichia e que provocou a morte de mais de 100 crianças, e por outro a onda de calor extremo que já deixou 78 mortos.

  • Príncipe Harry divulga foto de seu filho Archie em primeiro Dia dos Pais
    Notícias
    Folhapress

    Príncipe Harry divulga foto de seu filho Archie em primeiro Dia dos Pais

    *FOTO DE ARQUIVO* DUBLIN, IRLANDA, 11.07.2018 - FAMILIA-REAL - Duquesa Meghan Markle e o Príncipe Harry visitam Croke Park, sede da associação gaélica de futebol em Dublin na Irlanda. (Foto: Brazil Photo Press/Folhapress)SÃO PAULO, SP (FOLHARPESS) - Príncipe Harry comemorou seu primeiro Dia dos Pais divulgando a foto de seu filho Archie em um perfil de rede social que compartilha com Meghan Markle, a duquesa de Sussex. A data é comemorada neste domingo (16) no Reino Unido e vários países do mundo.  Na foto, o rosto do bebê aparece parcialmente encoberto pela mão de Harry. Envolto nos braços do pai, ele olha para a câmera e segurando um dos dedos do príncipe. "Feliz Dia dos Pais! E desejando um primeiro Dia dos Pais muito especial ao duque de Sussex", diz a legenda.  Archie é o sétimo na linha de sucessão ao trono britânico, atrás de seu avô Charles, de seu tio William, de seus primos George, Charlotte e Louis e de seu pai. O menino é o primeiro bebê inter-racial da história recente da monarquia britânica.

  • Pastor marido de deputada pode ter tido morte encomendada
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Pastor marido de deputada pode ter tido morte encomendada

    Segundo os oficiais, o desentendimento entre Anderson e um dos suspeitos teria ocorrido por conta de dinheiro

  • Ratinho e SBT terão de pagar R$ 200 mil a dois padres por reportagem falsa de 1999
    Notícias
    Folhapress

    Ratinho e SBT terão de pagar R$ 200 mil a dois padres por reportagem falsa de 1999

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O SBT e o apresentador Ratinho, Carlos Massa, terão de indenizar dois padres por danos morais por uma reportagem veiculada em 1999. Tanto a emissora quando Ratinho terão de pagar R$ 200 mil (corrigidos) a dois padres da cidade de Astorga, no Paraná, segundo decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça). A reportagem falava que uma moradora da cidade havia deixado o marido para viver com o padre que celebrou seu casamento, mas a notícia era falsa. Além disso, as imagens mostraram um outro padre da mesma cidade. Os dois, então, processaram o programa.  A decisão levou em conta "a imprudência dos apelantes ao transmitir ao vivo matéria ofensiva à honra dos apelados, o sofrimento ocasionado às vítimas e a repercussão em cadeia nacional de televisão, em horário nobre", escreveu o ministro. O caso ficou ainda mais grave por envolver padres acusados de infringir o celibato, informou o documento.

  • Cientistas decifram olhar enternecedor dos cachorros
    Notícias
    AFP

    Cientistas decifram olhar enternecedor dos cachorros

    Cientistas acreditam ter entendido como os cachorros fazem para enternecer as pessoas e ganhar seu afeto: dois músculos situados em volta dos olhos os ajudam a ter um olhar triste, uma técnica dominada pelos bebês humanos.

  • A cria da máfia
    Notícias
    HuffPost Brasil

    A cria da máfia

    Mas Daniela Lourdes Falanga desafia asexpectativas desde sua infancia

  • Atrizes da série 'Friends' se reencontram em aniversário e publicam foto juntas
    Notícias
    Folhapress

    Atrizes da série 'Friends' se reencontram em aniversário e publicam foto juntas

    ***FOTO DE ARQUIVO*** LOS ANGELES, EUA, 18.04.2013: COURTNEY COX - A atriz Courteney Cox deixa o Riva Bella com seu novo namorado Brian Van Holt, em Los Angeles. (Foto: Devone Byrd/PacificCoastNews/Honopix/Folhapress)SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Courtney Cox, 55, que vivia Monica na série "Friends", publicou uma foto em seu Instagram ao lado de Jennifer Aniston, 50, (Rachel) e Lisa Kudrow, 55, (Phoebe) neste sábado (15), dia de seu aniversário. A atriz completou 55 anos na data. "O quão sortuda eu usou em celebrar meu aniversário ao lado dessas duas? Eu amo vocês, meninas. Muito", escreveu Cox na legenda da imagem. Os fãs ficaram empolgados com a imagem e comentaram sobre ela nas redes sociais. Um internauta inclusive resgatou uma foto em que as três atrizes aparecem na mesma posição. "Friends" ficou no ar entre 1994 e 2004, produzindo dez temporadas e conquistando uma legião de fãs ao redor do mundo.

  • Filho de pastor assassinado é detido no enterro por suspeita de envolvimento
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Filho de pastor assassinado é detido no enterro por suspeita de envolvimento

    Suspeita de participação de um dos filhos do casal no crime foi anunciada pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel

  • Jason Momoa, de 'Aquaman', quer ser o próximo Wolverine
    Notícias
    Folhapress

    Jason Momoa, de 'Aquaman', quer ser o próximo Wolverine

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de "Aquaman", Jason Momoa, 39, afirma que quer viver Wolverine nos cinemas. Segundo informou o portal norte-americano SuperBroMovies, o ator respondeu a uma pergunta feita na  Celebrity Fan Fest, em San Antonio (EUA) dizendo que, dentre os personagens da Marvel, escolheria Wolverine para interpretar. Depois que Hugh Jackman se aposentou do papel, o personagem deve ganhar uma nova versão da Marvel nos próximos anos.  No entanto, é pouco provável que Momoa ocupe este posto, já que o ator vive um dos principais personagens da DC e estará em "Aquaman 2", previsto para chegar aos cinemas em dezembro de 2022. Além de Momoa, Daniel Radcliffe e Keanu Reeves já demonstraram interesse em substituir Jackman no papel.

  • Notícias
    Folhapress

    Dentista vê negada ação de reconhecimento como filho adotivo de Chico Xavier

    RIBEIRÃO PRETO, SP (FOLHAPRESS) - Na casa em que Chico Xavier (1910-2002) morou boa parte da sua vida, em Uberaba (MG), quase tudo está como o médium deixou em vida. Mas, em meio ao acervo repleto de itens que o acompanharam, chama a atenção trecho de um aviso colocado no local: “O museu [...] é particular de propriedade do filho de Chico Xavier, Eurípedes Humberto Higino dos Reis”. Não é o que a Justiça entendeu. O dentista Reis, que acompanhou o médium nas últimas décadas de sua vida, teve negado em primeira instância pedido de reconhecimento como filho adotivo de Chico. Cabe recurso. Ele, que tem 69 anos, alegou que conviveu com seu pai biológico, José da Cruz dos Reis, só até os 5 anos de idade, quando ele morreu, e que, desde os 7, passou a conviver semanalmente com Chico. O médium é um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento da doutrina espírita no país e, além de ações de caridade, ganhou fama ao publicar mais de 400 obras e psicografar milhares de cartas. Sua história colocou Uberaba no mapa espírita do país e virou filme. Reis afirmou em seu pedido, que corre em segredo de Justiça, que, quando tinha 15 anos, o médium pediu à sua mãe que passasse a morar com ele e que conviveu em relação familiar até 2002, quando o líder espírita morreu. Argumentou que não tem interesse patrimonial –os bens de Chico foram doados ou transferidos via testamento– e que, em relação aos bens imateriais, recebeu a incumbência de preservá-los com a casa de memórias que administra. Por fim, disse ser o representante de uma livraria à qual o médium deu uso exclusivo de produtos e marca e que tem dado destinação ao dinheiro conforme solicitação de Chico. A intenção gerou queixas de familiares e amigos do médium, que alegam não ter existido a relação pedida por Reis e conseguiram derrubar a ação na cidade mineira. “Chico nunca se referiu a ele como filho, para mim ou para pessoas de muita ligação com ele, como lideranças espíritas. Nada foi falado nesse sentido”, disse o jornalista Saulo Gomes, 90, amigo do médium e autor de três livros sobre a vida do religioso. Segundo o advogado Eduardo Silveira Martins, que atuou no caso como defensor de um sobrinho-neto de Chico Xavier, não havia relação de paternidade entre o médium e Reis. Era, em sua avaliação, uma relação de amizade. Em suas alegações no processo, obtidas pela reportagem, o advogado sustenta que Chico jamais teve a intenção de adotar o autor e que isso se prova por meio de uma carta escrita por ele a um jornalista da extinta Revista Manchete. Em um trecho da carta, citada na decisão judicial, o médium diz: “[Reis] não é meu filho adotivo e sim um amigo que me presta assistência em regime de absoluta gratuidade e humanitarismo”. “O falecido teve várias oportunidades ao longo da vida para registrar sua inequívoca intenção de reconhecer o autor como filho, seja nos testamentos, seja nas escrituras públicas de doação ou nas declarações firmadas. Contudo, em nenhum delas há qualquer menção nesse sentido”, diz trecho da decisão da juíza Andreísa Alvarenga Martinoli Alves. O dentista argumentou ainda que era chamado de “filho do coração”, mas para amigos do médium a frase não é prova de adoção, pois o mesmo tratamento teria sido dispensado por Chico a outras pessoas. “Ele não ter sido reconhecido como filho foi um acerto, fez Justiça com a história. A carta de Chico citada na decisão mostra isso. Era um amigo”, disse Gomes. A casa de memórias abriga as perucas que o vaidoso Chico usava, pares de sapatos, camisas, pijamas, colônias, boinas, livros e mensagens atribuídas aos espíritos André Luiz e Emmanuel, orientadores do médium. RECURSO Após a resposta inicial negativa da Justiça, em março, a defesa de Reis recorreu ao TJ (Tribunal de Justiça) de Minas Gerais. A reportagem procurou Reis por três vezes na casa de memórias e lembranças, mas ele não quis conceder entrevista. A reportagem também procurou a sua defesa no processo, mas não obteve resposta. Nas alegações à Justiça, o dentista ainda afirmou que pessoas físicas e jurídicas usam indevidamente o nome do médium para obter lucro, o que contraria os ensinamentos de Chico. Por isso, o interesse de agir, para defender o nome e a imagem do médium. O museu, segundo o aviso de que pertence a Reis, não recebe ajuda da prefeitura, do estado ou da união e é sustentado com as vendas de sua livraria.

  • Notícias
    Folhapress

    Líder de Hong Kong reitera suspensão de projeto alvo de protestos e nega renúncia

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A chefe executiva de Hong Kong, Carrie Lam, voltou a sinalizar a suspensão da proposta de lei que prevê extradição à China e se desculpou publicamente nesta terça-feira (18), em meio aos protestos em massa no território. A líder, no entanto, não descartou o projeto definitivamente, o que tem sido exigido por manifestantes. Avalizada pelo governo chinês, Lam garantiu apenas que o texto não será abordado enquanto persistirem, nas palavras dela, medos e ansiedades na população. No sábado (15), a líder de Hong Kong já havia anunciado o adiamento por tempo indefinido da apreciação da proposta pelo Parlamento. Em seu novo pronunciamento, Lam ainda disse que não irá renunciar ao cargo, o que também tem sido reivindicado em protestos. Ela reconheceu, no entanto, as dificuldades que terá para governar ao longo dos três anos de mandato que lhe restam. O projeto de lei que tem movido manifestantes prevê a simplificação do processo de extradição de suspeitos procurados para a China, onde, segundo críticos, habitantes de Hong Kong estariam sujeitos a julgamentos politizados pelo regime comunista. Sob domínio chinês desde 1997, a ex-colônia britânica possui um sistema legal próprio e certa autonomia política em relação a Pequim, em um arranjo conhecido como "um país, dois sistemas".

  • Notícias
    Agência Brasil

    Com jogo no Maracanã e transmissão na Fan Fest, PM do Rio terá reforço

    Os esforços da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro em torno da segurança da Copa América serão redobrados hoje (18). De um lado, o Maracanã recebe pela segunda vez uma partida da competição: o confronto entre Bolívia e Peru, marcado para as 18h30. De outro, a Fan Fest reunirá torcedores que acompanharão pelo telão, a partir das 21h30, a partida da seleção brasileira. A equipe comandada pelo técnico Tite entrará em campo contra a Venezuela no estádio da Fonte Nova, em Salvador.Conforme informou em nota a Secretaria de Estado de Polícia Militar, os dois locais que receberão torcedores da Copa América terão o policiamento intensificado. "No Maracanã, policiais militares do Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios (Bepe) atuarão no interior da arena. O patrulhamento na área externa envolverá o 6º Batalhão da Polícia Militar (Tijuca), o Batalhão de Ações com Cães (BAC), o Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e o Regimento de Polícia Montada (RPMont)", diz a pasta.Também haverá ação intensificada do Grupamento de Policiamento Ferroviário (GPFer) nos ramais ferroviários, uma vez que trem e metrô estão entre os principais modais de acesso ao Maracanã. O metrô vai aumentar o número de viagens e antecipar o início do funcionamento usual para o horário de pico. A Supervia também terá trens extras para atender os torcedores. Ao término do jogo, serão oferecidas mais viagens em complemento à programação normal.Os portões do Maracanã serão abertos três horas antes de cada jogo e a recomendação da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), que organiza a competição, é para que os torcedores se desloquem ao estádio com antecedência. O público estimado pela prefeitura é de 35 mil. No entanto, essa também era a expectativa em relação ao primeiro jogo da Copa América disputado no Maracanã. O confronto entre Paraguai e Catar, no domingo (16), acabou atraindo pouco mais de 19 mil torcedores.Além da patrulha em solo nos arredores do estádio, a PM fará ainda um monitoramento aéreo com o Grupamento Aeromóvel (GAM). O Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) poderá atuar em caso de acionamento. Na região central da cidade, 160 policiais estão destacados para atuar nos dias de evento esportivo.Na região central, a demanda maior é para o Boulevard Olímpico, localizado na Praça Mauá, e no seu entorno. No local, foi instalado o telão da Fan Fest, no qual todos os jogos da Copa América são transmitidos. Músicos também se apresentam nos dias de jogos do Brasil e em partidas decisivas da segunda fase. Hoje, o cantor Thiago Martins subirá no trio elétrico estacionado na praça. O show é previsto para as 19h30, antes de a bola rolar para a seleção brasileira.Como medida preventiva, as forças de segurança farão um esforço contra o uso de embalagens de vidro na Fan Fest. Os ambulantes cadastrados e treinados foram instruídos a não comercializar nenhum produto em vidro. Em caso de descumprimento, eles poderão ser punidos. O público também está sendo orientado a não levar material de vidro à Fan Fest. IntegraçãoA PM lembra que sua atribuição é fazer o policiamento no perímetro das instalações, e que as responsabilidades relacionadas à segurança pública estão sendo compartilhadas com outros órgãos. O esquema para a Copa América foi elaborado de forma integrada. Foram levadas em conta as experiências na Copa das Confederações de 2013 e na Copa do Mundo de 2014.A Guarda Municipal contará com 4.275 agentes, 339 viaturas e 33 motos. A Polícia Civil instalou uma delegacia móvel no interior do Maracanã. Ela irá atender a ocorrências do entorno do estádio. Por sua vez, a 20ª Delegacia de Polícia (Vila Isabel), a mais próxima do estádio, vai atuar como Central de Flagrantes Extraordinária, registrando qualquer crime que esteja fora da competências do Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos. Até o fim do evento, no dia 7 de julho, diversas delegacias espalhadas pela cidade também funcionarão com reforços.Há uma atenção especial para o jogo entre Chile e Equador, também da primeira fase da competição, que ocorrerá no Maracanã no dia 24 de junho. Segundo informou na semana passada Rodrigo de Castro, subsecretário de Promoção de Eventos da Prefeitura do Rio de Janeiro, já haviam sido vendidos 38,9 mil ingressos para esta partida e a estimativa é de um público de 60 mil."Houve na Copa do Mundo de 2014 uma invasão do Maracanã, provocada por torcedores chilenos. E mais recentemente, o episódio da briga dos torcedores de Flamengo e Peñarol. A torcida de um clube, porém, é diferente da torcida de uma seleção. Então acreditamos que não tenhamos nenhuma ação tão pesada quanto aquele episódio. E estamos tomando todas as precauções. Esse tipo de episódio não irá acontecer. Todas as pessoas, independentemente de onde venham, são bem-vindas ao Rio e vamos recebê-las todas da melhor maneira", disse Rodrigo de Castro, durante a apresentação do esquema de segurança da prefeitura. MonitoramentoO citado conflito entre torcedores do Flamengo e do clube uruguaio Peñarol ocorreu em abril deste ano, quando as duas equipes se enfrentaram no Maracanã pela Copa Libertadores. Um briga ocorrida em Copacabana, na zona sul do Rio, resultou em dezenas de detidos.De acordo com a prefeitura, os locais onde existe a possibilidade de encontro de torcedores serão monitorados. Assim como ocorreu na Copa do Mundo de 2014, Copacabana costuma atrair torcidas dos mais diversos países que por lá se reúnem durante o dia. Além disso, há previsão de que seleções se hospedem na região, o que atrai a mobilização de torcedores. São quatro hotéis que receberão os jogadores: o Hilton, na Barra da Tijuca e em Copacabana, e o Windsor, na Barra da Tijuca e no Leme.A Secretaria de Operações Integradas do Ministério de Justiça, que também compõe o esforço integrado, participa de análises de inteligência, nas quais são levantados dados para mitigar os riscos envolvendo torcedores como os chamados barra bravas, que têm algum histórico de violência. A pasta também liberou credito suplementar para reforço das ações da Copa América. Foram assegurados R$ 18 milhões para diárias de policiais militares das cinco cidades-sede, de modo a reforçar o efetivo.

  • Caso Neymar: Justiça expede mandado de busca e apreensão do celular de Najila
    Notícias
    Yahoo Notícias

    Caso Neymar: Justiça expede mandado de busca e apreensão do celular de Najila

    Após promessa feita em seu depoimento, a modelo ainda não entregou o aparelho às autoridades

  • Notícias
    Folhapress

    Luana Piovani troca declarações de amor com ator português, apontado como suposto affair

    SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Depois de anunciar oficialmente a separação de Pedro Scooby, 30, em março, a atriz e apresentadora Luana Piovani, 42, publicou fotos no Instagram com o ator português Igor Marchesi.  Em uma das fotos publicadas, Igor aparece abraçado aos filhos de Luana com Scooby. Na legenda, ela deixa em dúvida o romance com uma hashtag "amigo é coisa pra se guardar", mas que vem com a mensagem:  "Assim vamos nos encontrando, formando nossa patota, se ajudando, fortalecendo, se divertindo sempre e aprendendo um com o outro. Somos os de escolha clara e luta diária". Luana disse que foi durante uma entrevista que deu a Igor que se apaixonou por Portugal. "Agora, já aqui e tendo você junto a nossa família, penso que realmente Deus vai nos cercando direitinho. Só falta nossa peça de teatro ou novela juntos". O colunista Léo Dias publicou uma nota afirmando que a atriz já estava tendo um caso com Marchesi antes de se separar de Scooby, mas a atriz negou o fato. No início deste mês, Scooby, ex-de Piovani, confirmou o namoro com Anitta, 26. Os dois trocaram declarações de amor e fotos em uma viagem a Bali. Após o anúncio, Piovani contou que o seu filho mais velho, Dom, 6, ficou triste e se preocupou com ela ao descobrir que o pai está namorando outra mulher. "Ele veio até mim, sorriu nervoso e disse que tinha uma notícia ruim para me dar. Depois contou e veio me abraçar. Ficou triste e se preocupou comigo", escreveu no Stories do Instagram. Na sequência, a atriz afirmou que tranquilizou o filho. "Depois de engolir o fel que encheu minha boca, eu fortaleci e disse que o amor não morreu. Somos uma família. Seremos sempre. Namorada, virão algumas ainda. E eu? Sigo de capa", conclui.

  • Notícias
    Agência Brasil

    Justiça aceita pedido de recuperação judicial da Odebrecht

    A Justiça de São Paulo aceitou o pedido de recuperação judicial do Grupo Odebrecht. A holding controladora e mais 19 empresas do grupo deverão apresentar um plano de recuperação em até 60 dias. Serão renegociadas dívidas em um total de R$ 51 bilhões, excluindo dívidas entre as próprias empresas do grupo e que não podem ser negociadas dessa forma, como créditos trabalhistas. O montante total de dívidas chega a R$ 83,6 bilhões.A administração judicial será feita pela Alvarez & Marsal. O juiz João de Oliveira Rodrigues Filho, da 1ª Vara de Falências de São Paulo, determinou prazo de 15 dias para que sejam apresentadas divergências sobre as dívidas colocadas no processo. O magistrado também suspendeu todas as execuções judiciais contra as empresas como forma de proteger as operações das companhias. As dívidas decorrentes de condenações trabalhistas serão incluídas diretamente no quadro de credores.O juiz reconheceu ainda a relação de interdependência entre as diversas empresas do grupo e, por isso, a necessidade de um processo que promova a recuperação conjunta de todas as companhias. Nesse sentido, foram protegidas as participações societárias em empresas fora do acordo, como a Braskem e da Ocyan, que atuam nos ramos petroquímico e de perfuração de petróleo. Essas ações não poderão ser usadas para saldar dívidas fora do processo, ainda que tenham sido colocadas como garantia desses créditos.Também estão fora do processo de recuperação a Odebrecht Transport S.A., Enseada Indústria Naval S.A., Odebrecht, a Corretora de Seguros, a Odebrecht Previdência e a Fundação Odebrech, assim como alguns ativos operacionais na América Latina e suas respectivas subsidiárias. A Atvos Agroindustrial S.A. já está em recuperação judicial em outro processo, por isso, não foi incluída neste.O grupo Odebrecht, que chegou a ter mais de 180 mil empregados há cinco anos, hoje conta com 48 mil. A Odebrecht atribui esse resultado à “crise econômica que frustrou muitos dos planos de investimentos feitos pela ODB, ao impacto reputacional pelos erros cometidos e à dificuldade pela qual empresas que colaboram com a Justiça passam para voltar a receber novos créditos e a ter seus serviços contratados”.

  • Notícias
    Agência Brasil

    CPI do BNDES ouvirá Joaquim Levy no dia 26

    A comissão parlamentar de inquérito (CPI) da Câmara dos Deputados que investiga supostas irregularidades no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ouvirá o ex-presidente da instituição Joaquim Levy, no dia 26 deste mês, às 14h30.  Levy pediu demissão do cargo neste domingo (16) após críticas do presidente Jair Bolsonaro.Segundo o presidente da CPI, deputado Vanderlei Macris (PSDB-SP), o requerimento para convocação de Levy já havia sido aprovado pela comissão em abril. Dessa forma, mesmo após ter se demitido do cargo, Joaquim Levy é obrigado a comparecer à comissão. “Quero acrescentar, a bem da verdade, que o senhor, então presidente do BNDES, Joaquim Levy, comprometeu-se com todos os contatos que teve com essa comissão a colaborar com os trabalhos da CPI. Portanto, nós imaginamos que a presença dele é muito importante para esclarecimento de vários fatos”, afirmou.  DemissãoJoaquim Levy pediu demissão do cargo de presidente do BNDES na manhã deste domingo (16) um dia após ter sido alvo de críticas do presidente da República. No sábado, Bolsonaro disse que Levy estava "com a cabeça a prêmio há algum tempo. Estou por aqui com o Levy”, afirmou o presidente em frente ao Palácio da Alvorada, pouco antes de embarcar para um evento no Rio Grande do Sul.O motivo do descontentamento, afirmou Bolsonaro, foi a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do BNDES, responsável pelos investimentos do BNDESPar, braço de participações acionárias do banco de fomento, que administra carteira superior a R$ 100 bilhões.O presidente pediu que Levy demitisse o diretor. Para Bolsonaro, o nome deste não era de confiança, e “gente suspeita” não poderia ocupar cargo em seu governo. Ainda na noite de sábado (15), Barbosa Pinto entregou a carta de renúncia ao cargo. Ele foi chefe de gabinete de Demian Fiocca na presidência do BNDES durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva.

  • Manifestantes de Hong Kong vão continuar a lutar
    Notícias
    Agência Brasil

    Manifestantes de Hong Kong vão continuar a lutar

    "Não à extradição para a China; não à brutalidade policial": cartaz de protestos em Hong KongNo final, a pressão da rua foi forte demais: a chefe do governo de Hong Kong, Carrie Lam, declarou em entrevista coletiva que o governo estava suspendendo a controversa lei da extradição, segundo ela levando em consideração as preocupações e dúvidas da população.Centenas de milhares de pessoas estão indo às ruas de Hong Kong para se manifestarem contra o projeto de lei - ATHIT PERAWONGMETHA/Direitos Res Até o anúncio, as ruas de Hong Kong haviam voltado a ficar em silêncio. O governo diz agora querer falar com grupos da sociedade civil e apresentar um plano de ação. Não há prazo mais para aprovar a lei.A lei da extradição destinava-se a permitir que as autoridades de Hong Kong extraditassem procurados pela Justiça para, por exemplo, a China continental. E isso apesar de o poder judicial chinês não ser independente. Temia-se que a medida silenciasse os críticos de Pequim - enfraquecendo ainda mais o princípio "um país, dois sistemas".Centenas de milhares de pessoas estão indo às ruas de Hong Kong para se manifestarem contra o projeto de lei. Na quarta-feira, manifestantes entraram em choque com a polícia, que usou spray de pimenta e balas de borracha.A decisão do governo de Hong Kong não vai resolver esta disputa, como mostram as marchas deste domingo (16/06).O sentimento dos manifestantes é que a batalha ainda não acabou. Eles estão exigindo um pedido de desculpas pelo que consideram ser uma repressão excessivamente dura por parte da polícia e a libertação imediata dos ativistas já presos.Eles querem também que os confrontos de quarta-feira não sejam mais chamados de "motins" - um crime punível com até vários anos de prisão sob a lei de Hong Kong.Acima de tudo: os críticos da lei não querem ver a sua aprovação apenas adiada, querem que a legislação seja derrubada –  por todos juntos.Os protestos continuam. É de esperar que a atmosfera nas ruas de Hong Kong se mantenha tensa nos próximos dias. *O jornalista Philipp Bilsky escreve para o Departamento Ásia da Deutsche Welle.

  • Notícias
    Folhapress

    Programação da TV Aberta desta quarta-feira

    Programação da TV Aberta CULTURA 05h00 Educação Brasileira 05h30 Telecurso 06h15 Bia Desenha 06h20 MYTIKAH - O Livro dos Heróis 06h30 Inglês com Música 06h45 Via Legal 07h15 PJ Masks - Heróis de Pijama 07h25 Carlos 07h30 Peppa Pig 07h45 Bubu e as Corujinhas 08h00 Quintal da Cultura 11h45 Turma da Mônica 12h00 Planeta Terra 13h00 Jornal da Cultura 1ª Edição 13h45 Momento Papo de Mãe 14h00 Sésamo 14h30 Bubu e as Corujinhas 14h45 Quintal da Cultura 18h15 Turma da Mônica 18h30 Winx Club 19h00 Valentins 19h30 Eu Sou Franky 20h30 Porto Papel 20h45 Tá Certo? 21h15 Jornal da Cultura 22h15 Metrópolis 22h30 Sala de Cinema 00h00 Opinião Nacional 00h30 Brasil Toca Choro 01h30 Jornal da Cultura 02h30 Sr. Brasil 03h30 Direções 04h30 Cultura Retrô SBT 06h00 Primeiro Impacto 10h30 Bom Dia & Cia 13h45 Informes Comerciais 14h15 Chaves 15h00 Fofocalizando 16h00 Casos de Família 17h15 A Que Não Podia Amar 18h30 A Dona 19h45 SBT Brasil 20h25 Roda a Roda Jequiti 20h50 As Aventuras de Poliana 21h30 Cúmplices de um Resgate 22h15 Jogo das Fichas 22h45 Programa do Ratinho 00h30 The Noite com Danilo Gentili 01h30 Roda a Roda Jequiti 02h30 Operação Mesquita 03h15 SBT Brasil 04h00 Primeiro Impacto GLOBO 06h00 Bom Dia Praça 08h00 Bom Dia Brasil 09h00 Mais Você 10h30 Encontro com Fátima Bernardes 12h00 Praça TV - 1ª Edição 12h52 Globo Esporte 13h20 Jornal Hoje 14h00 Sessão da Tarde: Tudo é Possível 15h35 O Álbum da Grande Família 16h32 Vale a Pena Ver de Novo: Por Amor 17h39 Malhação: Toda Forma de Amar 18h11 Órfãos da Terra 18h50 Praça TV - 2ª Edição 19h11 Verão 90 20h00 Jornal Nacional 20h35 A Dona do Pedaço 21h30 Futebol 2019 23h30 Profissão Repórter 00h09 Jornal da Globo 00h50 Conversa com Bial 01h36 Escândalos - Os Bastidores do Poder 02h22 Corujão: O Grande Hotel Budapeste 04h00 Hora Um RECORD 05h10 Corrente dos 70 05h35 Nação dos 318 06h00 Balanço Geral Manhã SP 06h30 Balanço Geral Manhã 07h00 SP no Ar 08h55 Fala Brasil 10h00 Hoje em Dia 12h00 Balanço Geral SP 15h00 Bela, a Feia 15h45 Caminhos do Coração 16h45 Cidade Alerta 19h50 Topíssima 20h45 Jezabel 21h30 Jornal da Record 22h30 Power Couple Brasil 22h45 Top Chef Brasil 00h15 Chicago Fire 01h15 Inteligência e Fé 02h15 Palavra Amiga com Bispo Edir Macedo 03h15 A Última Porta 03h45 A Mente De Um Viciado 04h10 Em Busca do Amor 04h40 Nosso Tempo

  • Irã anuncia que desmantelou 'nova rede' de espiões da CIA
    Notícias
    AFP

    Irã anuncia que desmantelou 'nova rede' de espiões da CIA

    O Irã desmantelou uma "nova rede" de espiões que trabalhavam para os Estados Unidos, informou nesta terça-feira a agência oficial de notícias Irna, que chamou a operação de "um grande e profundo golpe" contra Washington num momento de grande tensão entre os dois países.

  • Klebber Toledo diz que busca mais espaço e que quer desconstruir o estereótipo de bonitão
    Notícias
    Folhapress

    Klebber Toledo diz que busca mais espaço e que quer desconstruir o estereótipo de bonitão

    RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Considerado um dos galãs da televisão atualmente, o ator Klebber Toledo, 32, afirma que ainda batalha por espaço e que busca papéis que sejam capazes de desconstruir o estereótipo do bonitão de olhos claros e cabelo ajeitadinho. "Quero trabalhar em coisas diferentes, mas preciso que as pessoas acreditem nisso".  "A gente tem rótulos dentro do nosso formato artístico. Quando buscam um vilão, olham para mim e me acham com cara de bonzinho. E eu acho que não é por aí. Tudo é uma questão de construção. Gosto muito do diretor que não busca o ator pronto, mas sim que o transforma em algo diferente", afirma o ator.  No ar atualmente como o tímido e desajeitado Patrick, em "Verão 90" (Globo), Toledo afirma que percebeu o quanto a vaidade do ator pode ser nociva quando trabalhou na direção artística do musical "Isaurinha - Samba, Jazz & Bossa Nova" (2009-2010). "Vi os meus colegas ali com uma vaidade que interrompeu o processo criativo em vários momentos. Então me coloquei num lugar em que minha vaidade nunca foi para prejudicar o trabalho. Até na vaidade de acertar, às vezes a gente erra, porque faz demais", avalia o ator.  Foi justamente por querer se afastar de estereótipos que Toledo cogitou não aceitar seu papel em "Verão 90". No entanto, ele acabou mudando de ideia.  "Quando o Jorginho [Fernando, diretor] me chamou, eu estava vindo de 'Ilha de Ferro' (Globoplay), em que eu tinha um personagem super denso que eu adorava fazer. Pensei: 'Meu Deus, lá vou eu para aquele caminho de ter que tirar a camisa...' Mas depois eu refleti. Qual o problema? Tenho 32 anos agora, não terei pra sempre. E eu vou estar contando uma história legal para caramba, solar, que quica na comédia. Isso é desafio. Então está tudo certo." E se a proposta da trama de Izabel de Oliveira e de Paula Amaral era fazer humor, Toledo disse à reportagem que não economizou. "Na comédia, você não pode duvidar e nem dar 100%. Você não pode sair descontrolado. Aprendi com a Claudia [Raia] e com o Jorge [Fernando], que é interessante jogar pro público construir, jogar aquele olhar que ele vai ficar pensando junto com você. Sua energia tem que estar inteira ali, o jogo tem que acontecer." E falando em Cláudia Raia, o ator não poupa elogios à intérprete da divertida Lidiane na trama: "Ela não tem rótulos, é a Cláudia Raia mesmo. E não fica na zona de conforto. Vejo ela como chefe de família, uma mulher muito forte, que sabe o que quer e que produz cultura para o país. É um grande exemplo. Encontrei nela uma amiga".  Elogios também não faltam para sua mulher, a atriz Camila Queiroz, 25, que faz a vilã Vanessa na trama. "Minha mulher está arrasando. Acho que é um dos melhores trabalhos dela", avalia o Toledo, que conta com dicas dela. "Já queremos fazer certo, sem testar muito [risos]. Mas a gente tira dúvidas, pergunta o que o outro pensa". Casados desde agosto de 2018, os atores ainda não fizeram uma viagem de lua de mel, mas Toledo garante que eles "vão dar uma sumidinha" em breve. "Com certeza vamos viajar. Não sabemos para onde iremos. Somos assim mesmo, decidimos na hora."

  • Notícias
    Agência Brasil

    Bolsonaro diz que gratuidade de bagagem prejudicaria pequenas aéreas

    O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (18) que vetou o trecho de medida provisória que isentava a cobrança de bagagem de até 23 quilos nos voos domésticos, a partir de 31 assentos, porque a medida prejudicaria as empresas aéreas pequenas. O veto foi anunciado ontem (17).“As empresas menores alegavam que seria um empecilho. Fiz uma conta pra um avião com 200 pessoas, 20 quilos a mais para cada um. É um gasto a mais. Sempre viajei sem mala no avião, então, eu estava pagando pelos outros”, disse após participar de cerimônia de hasteamento da bandeira, no Palácio do Planalto. Com o veto, ficam isentas apenas as bagagens de mão até 10 quilos.A isenção da cobrança havia sido incluída por emenda parlamentar na Medida Provisória (MP) 863 que foi apresentada no governo de Michel Temer e autoriza até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas. A MP foi aprovada pelo Congresso Nacional em maio.Questionado se a cobrança de bagagens vai estimular a vinda de empresa aéreas de baixo custo para o Brasil, as chamadas “low cost”, o presidente respondeu positivamente. “Para as low cost vai valer, é o que elas queriam para vir pra cá ajudar na concorrência, que fosse vetado esse dispositivo”. PrevidênciaO presidente disse que a reforma da Previdência “prossegue” caso a proposta do regime de capitalização fique de fora do texto final da reforma. “Gostaríamos que tudo que propusemos fosse acolhido, mas sabemos que a Câmara tem a legitimidade para alterar. Se não for acolhido, o governo prossegue, sem problema nenhum”, disse.Questionado se o governo pode buscar retomar a capitalização, Bolsonaro respondeu que a medida pode voltar por iniciativa de parlamentares. “Às vezes nem o governo, as próprias bancadas, líder de partidário, pode propor uma emenda e destacá-la e entrar em votação”.A capitalização é o sistema em que cada trabalhador contribui para a própria aposentadoria e foi retirada da proposta de reforma da Previdência. ArmasQuanto ao decreto das armas, Bolsonaro disse que o governo tem conversado com senadores para explicar a medida. Hoje (18), o plenário do Senado Federal deve analisar matéria que susta o Decreto n° 9.785/19 do presidente Bolsonaro que trata da aquisição, o cadastro, o registro, a posse, o porte e a comercialização de armas de fogo e de munição e dos sistemas Nacional de Armas e Nacional de Gerenciamento Militar de Armas.“Temos conversado com senadores nesse sentido, conversando, explicando, sabemos que no Brasil hoje em dia quem está à margem da lei está armado”, disse. De acordo com o presidente, o decreto de armas atende a vontade expressa pela população no referendo de 2005. Na ocasião, os eleitores foram às urnas e responderam a pergunta “o comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?”. A maioria dos eleitores, 59 milhões, escolheu o não.Bolsonaro disse que não pode "fazer nada" caso a suspensão seja aprovada. "Não posso fazer nada, não sou ditador, sou democrata". Correios e PGRAo ser questionado se será escolhido um nome da lista tríplice apresentada pelos procuradores, para Procurador-Geral da República, o presidente disse que ainda não viu a lista e que qualquer nome pode ser indicado. “Todos que estão dentro, estão fora, tudo é possível. Vou seguir a Constituição”.Em relação a escolha de um novo presidente para os Correios, Bolsonaro disse que há sugestão de nomes. “Tem alguns nomes aparecendo, logicamente o presidente que vai assumir vai cumprir seu papel naturalmente e o governo deu sinal verde para buscar a privatização. Se bem que ela passa pelo Parlamento também”, disse.Na semana passada, durante café da manhã com jornalistas, o presidente anunciou que vai trocar o comando da empresa devido ao fato do general Juarez Cunha agir como “sindicalista”.