Casa Branca descarta "vínculos com o terrorismo" em explosões no Texas

Washington, 20 mar (EFE).- A Casa Branca afirmou nesta terça-feira que "não existem aparentes vínculos com o terrorismo" nas explosões ocorridas no Texas, que deixaram dois mortos e vários feridos e cujo responsável ainda não foi determinado.

"Estamos comprometidos a levar os autores destes atrozes atos perante a justiça. Não há aparente nexo com o terrorismo neste momento", disse Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, em mensagem do Twitter.

Sanders ressaltou que o presidente americano Donald Trump segue de perto a investigação e as autoridades federais estão trabalhando estreitamente com as do Texas.

Em breves declarações na Casa Branca, antes de seu encontro com o príncipe herdeiro saudita, Trump qualificou o ocorrido como "terrível" e afirmou que o responsável ou responsáveis "são obviamente um indivíduo ou indivíduos muito doentes".

Nesta manhã, pelo menos uma pessoa ficou ferida após uma explosão perto das instalações da companhia FedEx próxima a San Antonio, no estado do Texas.

Este seria o quinto incidente destas caraterísticas ocorrido na zona neste mês, o último no domingo passado no sudoeste de Austin, capital do estado.

As autoridades trabalham com a hipótese DE que a autoria das explosões poderia corresponder à mesma pessoa, embora reconheceram que por enquanto não têm "nenhum suspeito".

A tensão gerada por estes fatos afetou no fim de semana o festival cultural South by South-West (SXSW), que foi realizado em Austin, quando uma ameaça de bomba obrigou a cancelar vários eventos na noite de sábado. EFE