Ações da China recuam com pressão de setor de saúde e industrial

·1 minuto de leitura

XANGAI (Reuters) - As ações chinesas fecharam em baixa nesta quinta-feira, com as ações do setor de saúde e industrial liderando as perdas, conforme investidores ignoraram a promessa dos parlamentares do país de equilibrar a necessidade de crescimento econômico estável e prevenção de riscos financeiros.

O índice CSI300 <.CSI300>, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,3%, enquanto o índice de Xangai <.SSEC> teve queda de 0,4%.

O componente de saúde do CSI300 <.CSI300HC> perdeu 1,6%, acompanhando as perdas nos mercados relacionados às vacinas, enquanto o setor industrial <.CSI000910> caiu 1,1%.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG <.HSI> subiu 0,13%, a 24.786 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC <.SSEC> perdeu 0,38%, a 3.312 pontos.

. O índice CSI300 <.CSI300>, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,31%, a 4.777 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI <.KS11> teve desvalorização de 0,67%, a 2.355 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX <.TWII> registrou alta de 0,31%, a 12.917 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES <.STI> valorizou-se 0,11%, a 2.528 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 <.AXJO> recuou 0,29%, a 6.173 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447723))

REUTERS LB IV