Ações da Unity cedem após AppLovin retirar oferta de aquisição por US$18 bi

(Reuters) - As ações da fabricante de software de jogos Unity Software caíam quase 12% nesta terça-feira depois que a AppLovin retirou sua oferta de compra da empresa.

A Unity rejeitou no mês passado uma oferta de 17,54 bilhões de dólares em ações da AppLovin.

A retirada da proposta consolida a planejada aquisição pela Unity da israelense ironSource.

Isso porque a AppLovin tinha colocado como condição para o negócio o não prosseguimento das conversas entre Unity e ironSource.

A AppLovin, cujos serviços a desenvolvedores de aplicativos competem com a ironSource, disse na segunda-feira que não faria um lance mais alto pela Unity e retirou sua oferta inicial.

As ações da AppLovin e da ironSource caíam 5% e 4%, respectivamente, nesta terça-feira, respectivamente, em meio à fraqueza mais ampla do mercado acionário após dados de inflação nos Estados Unidos mais fortes do que o esperado.

Os analistas esperam que a AppLovin enfrente forte concorrência da Unity diante do acordo de combinação de negócios com a ironSouce, junto com um mercado de anúncios para o setor mais enfraquecido.

"Sem o envolvimento adicional da AppLovin, a fusão da Unity com a ironSource provavelmente será fechada, criando um concorrente mais forte para a AppLovin em breve", disse Martin Yang, analista da Oppenheimer.

(Por Nivedita Balu)