Ações do PayPal caem após corte de previsão e alerta de desaceleração dos gastos

(Reuters) - As ações do PayPal recuavam 2,5% nesta sexta-feira, após a processadora de pagamentos cortar sua previsão de receita anual, diante de uma perspectiva mais negativa para o último trimestre do ano, com os consumidores reduzindo gastos não essenciais.

“Dado o ambiente macro desafiador, tendências de e-commerce mais lentas e uma temporada de compras de fim de ano imprevisível, estamos sendo adequadamente prudentes em nosso guia de receita do quarto trimestre”, disse o presidente-executivo, Daniel Schulman, em teleconferência com analistas.

A empresa cortou sua previsão ajustada de crescimento de receita no ano para 10%, ante os 11% previstos anteriormente.

A empresa também disse que os gastos com comércio eletrônico no último trimestre do ano devem crescer lentamente, em linha com as expectativas de várias empresas, incluindo a Mastercard, que no mês passado previu uma receita de forma pessimista no quarto trimestre.

“O comércio eletrônico permanece em território precário, com tendências se deteriorando ao longo do trimestre e um cenário incerto, aumentando a possibilidade de que não haja muita melhora no próximo ano”, escreveram analistas da KBW em nota. Eles reduziram o preço-alvo das ações de 115 para 95 dólares.

Pelo menos quatro outras casa, incluindo J.P. Morgan e Jefferies, cortaram seus preços-alvo após os resultados.

(Por Manya Saini)