Equipes de peões apoiam Dayane Mello, de "A Fazenda 13": "Violência sexual não é entretenimento"

·2 minuto de leitura
Dayane Mello participa do reality show
Dayane Mello participa do reality show "A Fazenda 13". Foto: reprodução/Instagram/dayanemelloreal

Resumo da notícia

  • Dayane Mello recebeu o apoio de outros participantes de "A Fazenda 13"

  • Peões repudiaram violência sexual e pediram providências à Record

  • Emissora apura o caso, após Nego do Borel ter sido acusado de forçar sexo com a modelo

As equipes dos demais participantes de "A Fazenda 13" manifestaram seu apoio a Dayane Mello, após Nego do Borel ter sido acusado de forçar sexo com a modelo na madrugada deste sábado (25). 

Enquanto o caso é apurado pela Record TV, os perfis oficiais de Mileide Mihaile, Sthefane Matos, Marina Ferrrari, Gui Araújo, Solange Gomes, Valentina Francavilla, Dynho Alves, Victor Pecoraro e Aline Mineiro divulgaram notas de repúdio sobre o ocorrido e reforçaram a mensagem de que relações sexuais sem consentimento de uma das partes configura estupro. "Violência sexual não é entretenimento", diz a nota de Valentina.

Leia também:

As mensagens foram compartilhadas pela conta de Dayane, que também divulgou o recado da ex-peoa Fernanda Medrado e de Juliette Freire, campeã do "Big Brother Brasil 21". Sem citar o nome do reality ou dos peões envolvidos, a paraibana cobrou uma apuração dos fatos.

O time da ex-participante do "Gran Fratello VIP" também atualizou os fãs sobre os procedimentos legais tomados após a repercussão das acusações. No Twitter, a equipe anunciou que os advogados de Dayane e a polícia aguardavam autorização da emissora para entrar na sede do reality e coletar materiais para a investigação.

Veja as mensagens de apoio a Dayane Mello:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos