“A gente vai morrer”, diz jovem em vídeo antes de acidente que matou ela e mais dois

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Emmily não resistiu e morreu na hora - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Emmily não resistiu e morreu na hora - Foto: Reprodução/Redes Sociais
  • Emmily e outros dois jovens morreram em acidente em Niterói

  • Momentos antes da batida, a jovem mostrou-se assustada com a velocidade do veículo

  • O motorista será indiciado por triplo homicídio culposo

Um trágico acidente em Niterói, na última quinta-feira, matou a estudante Emmily Miranda, de apenas 20 anos, e outras três pessoas. Em vídeo gravado momentos antes da batida, a jovem chega a dizer: “A gente vai morrer”.

A gravação foi divulgada pela TV Record esta semana e mostra Emmily, que também era influenciadora digital, brincando no carro com quatro amigos, todos com idade entre 17 e 20 anos.

Leia também

Em um trecho do vídeo, o motorista aparece pilotando sem as mãos no volante. Emmily, responsável pela gravação, aproxima o celular do velocímetro, que marca 116 km/h em uma via onde a velocidade máxima é 70 km/h. Neste momento, ela grita: “Léo, a gente vai morrer, c...”.

Trecho do vídeo mostra veículo bem acima do limite de velocidade - Foto: Reprodução/TV Record
Trecho do vídeo mostra veículo bem acima do limite de velocidade - Foto: Reprodução/TV Record

Momentos depois, o carro perdeu o controle, invadiu uma valeta de escoamento de água, capotou e bateu em um poste. Os jovens foram arremessados para fora do veículo. Além de Emmily, Gabriel Palmiere, de 19 anos, e Roberta Miranda, de 17, morreram na hora.

“Por que ela não pediu para parar? Por que os demais não pediram para parar, para diminui (a velocidade)? Eu nunca vou entender. Ela nem gostava destas coisas de velocidade, era bem medrosa”, disse a mãe de Emmily, Ana Paula Camacho, à Record.

Motorista será indiciado

De acordo com informações do jornal O Dia, o delegado Fábio Barucke, da 81ª DP, explicou que testemunhas contaram que o motorista, Leonardo Moraes Pagani, um dos sobreviventes do acidente, apresentava sinais de embriaguez. Em exame realizado, foi constatado hálito etílico e agitação psicomotora.

Segundo relatos, os cinco jovens voltavam de um jantar em um restaurante japonês na região. Leonardo vai ser indiciado por triplo homicídio culposo.