Técnico Abel Braga é primeira opção do Vasco para substituir Luxemburgo

Bruno Marinho
Último trabalho de Abel Braga foi à frente do Cruzeiro

O Vasco já tem um plano A para substituir Vanderlei Luxemburgo. O técnico Abel Braga é considerado a primeira opção do presidente Alexandre Campello para comandar a equipe em 2020.

Ainda não há conversas entre as partes. Campello e e o treinador são amigos de longa data, trabalharam juntos no Vasco quando o presidente ainda era médico do departamento de futebol.

O nome do ex-treinador de Flamengo e Cruzeiro foi o primeiro a ser colocado na mesa ainda na sexta-feira, quando a diretoria vascaína começou a conversar a respeito de um possível substituto para Luxemburgo. Outros nomes já foram oferecidos, mas a preferência do clube no momento é por Abel.

O maior obstáculo para um acerto é, mais uma vez, a questão salarial. Abel Braga recebia no Flamengo salário na casa dos R$ 800 mil. Para efeito de comparação, Vanderlei Luxemburgo pediu R$ 600 mil do Vasco para renovar e não teve a pedida atendida. Campello, que pagava R$ 300 mil para o treinador, ofereceu aumento na casa de R$ 480 mil para ele seguir.

A diretoria não está disposta a oferecer mais do que o valor que colocou à disposição de Luxemburgo, para não comprometer ainda mais as finanças combalidas do clube. Ao mesmo tempo, vê semelhanças entre o momento de Vanderlei Luxemburgo quando assumiu o Vasco e o de Abel Braga atual.

Com currículo vitorioso, Luxemburgo aceitou receber menos do que gostaria por estar em baixa. Abel Braga, também vencedor, vem de trabalhos apagados no Flamengo e também no Cruzeiro, de onde saiu faltando três partidas para o rebaixamento mineiro para a Segunda Divisão. O Vasco tem pressa para fechar o novo técnico.