Academia Brasileira de Letras retoma Prêmio Machado de Assis e premia o escritor Ruy Castro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A Academia Brasileira de Letras conferiu o Prêmio Machado de Assis de 2021 ao escritor Ruy Castro, pelo conjunto de sua obra. A decisão foi adotada pelos Acadêmicos na reunião ordinária da ABL, nesta quinta-feira, dia 28 de outubro.

Ruy Castro nasceu em 1948. Começou como repórter em 1967, no Correio da Manhã, do Rio, e passou por todos os grandes veículos da imprensa carioca e paulistana. A partir de 1990, concentrou-se nos livros. É autor de biografias de Carmen Miranda, Garrincha e Nelson Rodrigues, e de livros de reconstituição histórica, sobre o samba-canção, a Bossa Nova, Ipanema e o Flamengo. É cidadão benemérito do Rio de Janeiro.

O Prêmio Machado de Assis

Criado pela ABL em 1941, o Prêmio Machado de Assis é entregue a autores que se destacam pelo conjunto de sua obra. Os vencedores são escolhidos pelos membros da Academia, conhecidos como imortais. A nova edição do prêmio conta com patrocínio da Light.

Mais informações sobre a história das premiações da Academia podem ser encontradas na página sobre prêmios do portal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos