Acer processa Volkswagen por patente em Taiwan

·2 min de leitura
An employee uses an Acer laptop at the company's booth during the 2014 Computex exhibition at the TWTC Nangang exhibition hall in Taipei June 3, 2014. Computex, the world's second largest computer show, runs from June 3 to 7.  REUTERS/Pichi Chuang (TAIWAN - Tags: SCIENCE TECHNOLOGY BUSINESS)
Segundo revista alemã, Acer deve processar Volkswagen por quebra de patente de 4G.
  • Segundo revista alemã, fabricante taiwanesa de computadores processou Volkswagen;

  • Processo de Acer envolve violação de licenças de patentes para tecnologia 4G;

  • Outras montadoras enfrentam problemas similares com a Justiça;

A revista alemã WirtschaftsWoche relatou que a fabricante taiwanesa de computadores Acer processou nos Estados Unidos a montadora alemã Volkswagen por infringir suas patentes de rede móvel. De acordo com a agência Reuters, a Volkswagen disse, em comunicado, que as alegações feitas contra ela pela Acer eram infundadas. 

Leia também:

O semanário alemão relatou na terça-feira que a Acer havia entrado com uma ação no estado americano da Virgínia, alegando que a Volkswagen pagou apenas pelas licenças de patentes 2G e 3G, mas instalou em grande parte chips para celulares com tecnologia 4G nos últimos dois anos. Com 9,3 milhões de carros vendidos anualmente, isso equivale a mais de 100 milhões de dólares (cerca de R$ 575 mi) em retrospecto por apenas dois anos.

Volkswagen alega que vai examinar o processo e decidir o que fazer

A Volkswagen respondeu as acusações da Acer por meio de seus advogados: "Vamos examinar o processo junto com nossos fornecedores e então decidir como proceder", disse a montadora alemã em comunicado à Reuters. "À primeira vista, temos indícios de que as alegações e acusações feitas nele são infundadas e vamos defender nossa posição", acrescentou, embora se recusando a fornecer mais detalhes.

Segundo a revista WirtschaftsWoche, casos semelhantes já ocorreram com outras montadoras. A Daimler só havia resolvido uma disputa de patente de longa data com a Nokia em junho e paga as taxas de licença do fornecedor de telefones celulares finlandeses para o uso de tecnologia de telefone celular no carro. O conflito continua latente mesmo após o acordo extrajudicial.

De acordo com a revista, o pagamento de licenças para patentes de telefones celulares é necessário porque os carros estão cada vez mais se comunicando por meio de redes de telefones celulares. Isso envolve o sistema pan-europeu automático de chamadas de emergência eCall, mas também serviços de mapas ou mensagens para manutenção pendente do carro para o fabricante. A tecnologia se tornará ainda mais importante quando o software de carros for mantido e atualizado via Internet.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos