Acessórios de miçangas ganham destaque na casa do 'BBB21' e famosas aderem

Ana Luísa Pontes
·3 minuto de leitura

Nem só de fogo no parquinho vive o "Big Brother Brasil"! Além de muitas discussões e polêmicas, a 21ª edição serviu também para exibir nas telinhas algumas tendências do momento. A participante Thaís tem dado o que falar nas redes sociais por resgatar uma moda diretamente dos anos 2000: os acessórios de miçangas.

Com pulseiras e colares formados por pequenas contas, a sister tem inspirado dentro e fora do reality com seu estilo. O sucesso das peças foi tão grande que sua amiga de confinamento, Viih Tube, agora “desfila” com a gargantilha de miçangas da sua maior parceira no jogo. Segundo a stylist Bella Castro, não é coincidência a goiana estar usando e abusando dos acessórios dentro da casa mais vigiada do Brasil.

— Nos últimos cinco anos, a gente trabalhou muito a moda dos anos 90, e essa tendência das miçangas começou nessa década e perdurou pelo início dos anos 2000. A moda vai andando, trazendo de volta tendências de uma forma repaginada — explica Bella, que se recorda da infância, quando fazia bijuterias de miçanga, prática que aprendeu com a avó.

Fora da casa, as peças se tornaram figurinhas fáceis nos looks de famosas. Celebridades como Flávia Alessandra, Duda Beat, Giovanna Ewbank, Jéssica Ellen, Jeniffer Nascimento e Bruna Linzmeyer já compartilharam cliques com seus seguidores nas redes sociais destacando suas miçangas.

Para ninguém ficar na dúvida de como entrar na onda, que veio diretamente do túnel do tempo, a stylist ensina a usar as bijus da melhor forma:

— Acho legal sempre fazer contraponto com peças mais pesadas, como colares e chokers de correntes. Tenho usado acessórios de miçanga misturados com pérolas, gosto bastante, porque dá uma quebrada na sofisticação da pérola — indica Bella, afirmando que, mesmo sendo considerada jovial, miçanga é democrática: — Eu sou bem contra a ditadura de tal corpo não pode usar, e também não compactuo com a ideia de que uma tendência seja para tal idade. Cada pessoa tem que fazer sua própria escolha, de acordo com a idade da sua alma. Isso vale muito mais do que a data de nascimento registrada na carteira de identidade.

Passatempo na quarentena

Na lista de artistas que se jogaram na febre das miçangas, está Kiria Malheiros. A atriz, que atuou em "Salve Jorge", "Império" e "Verdades secretas", abriu durante a pandemia sua própria loja de bijuterias de miçangas. Com apenas 16 anos, Kiria conta que, desde muito pequena, sempre esteve antenada em relação às tendências do momento, e que viu na volta das miçangas uma oportunidade.

— Eu me apaixonei pelos acessórios, assim que voltaram a ficar em alta. Durante a pandemia, minha mãe achou umas miçangas antigas que tínhamos em casa. Ela me deu e comecei a criar no improviso algumas peças para mim mesma. Passei a gostar tanto, que tive a ideia de criar minha loja on-line — explica a adolescente, afirmando ainda que o processo de criação dos acessórios tem servido como passatempo e terapia durante o isolamento social.

Os colares, pulseiras e até presilhas de cabelo personalizados são feitos com carinho e dedicação pela atriz, que conta com a ajuda da mãe para tocar o novo negócio. Segundo Kiria, a procura é grande, e independe de idade e sexo.

— Eu que faço na maioria das vezes. Só quando tenho um compromisso ou não posso no momento, conto com a ajuda da minha mãe. Mas desde o contato com a loja para pedidos à produção das peças, é tudo comigo! — explica, ressaltando também que ela própria não tira as miçangas do corpo: — São bijus que podem sempre se atualizar pela diversidade de modelos que podemos criar. É impossível escolher um só, mas os de florzinha são meus preferidos!

Com o fim do verão, Kiria não precisa se preocupar. A peça, que se tornou a cara da estação, pode ser usada de outras formas, agora no outono.

—É só escolher tons mais fechados, como roxo, preto, tons mais escuros e continuar usando! Acho, inclusive, que fica incrível com blusinhas de gola alta. Fica lindo jogar uns colares por cima, e fazer um mix ousado Com certeza, continua no outono-inverno — afirma a stylist Bella, dando a dica para a próxima estação.