Morrem 2 trabalhadores após explosão em porto industrial na Itália

Roma, 28 mar (EFE).- Uma explosão registrada em um depósito de combustível no porto industrial da cidade de Livorno, no centro da Itália, resultou na morte de dois trabalhadores nesta quarta-feira, segundo confirmaram os bombeiros, que interviram no local após o incidente.

O corpo de bombeiros confirmou no Twitter a "enorme explosão" do tanque de um depósito desse importante porto da Toscana e, após confirmar que havia duas mortes, estão trabalhando para garantir a segurança no local e nos armazéns próximos.

A explosão aconteceu por volta das 14h locais (9h em Brasília) num depósito da companhia Neri, que continha acetato de etilo, um material muito inflamável, segundo a imprensa local.

Os dois trabalhadores que morreram estavam aparentemente realizando trabalhos de manutenção no depósito e foram identificados pelos veículos de imprensa locais como Nunzio Viola, de 52 anos, e Lorenzo Mazzoni, de 23.

Um deles morreu na hora, enquanto o outro chegou a ser colocado em uma ambulância para ser transferido ao hospital, mas não resistiu e morreu no caminho, segundo as mesmas fontes.

O prefeito de Livorno, Filippo Nogarin, se deslocou até o porto "após as trágicas notícias" do acidente e publicou uma foto no Twitter na qual é possível ver um enorme tanque escurecido e dobrado sobre si mesmo ao lado de outros reservatórios brancos e presumivelmente intactos.

O presidente da região da Toscana, Enrico Rossi, lamentou no Twitter "este dia horrível" para o mundo do trabalho e compareceu ao porto, para onde também se deslocaram os familiares dos funcionários mortos. EFE