ACM Neto barrará saída de políticos do DEM que queiram seguir com Maia para outro partido

Paulo Cappelli
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - Presidente nacional do DEM, ACM Neto (BA) liberou a saída do deputado federal Rodrigo Maia (RJ) do partido, sem a necessidade de aguardar a janela de transferências, que só abrirá no ano que vem. Mas se irritou ao saber que Maia, insatisfeito na legenda, pretende levar consigo para o futuro partido dezenas de políticos do DEM. Para tentar evitar a debandada, ACM Neto afirmou nesta sexta-feira, em conversa presenciada por três fontes, que não vai autorizar a saída de nenhum nome além de Maia. A aliados, o ex-presidente da Câmara tem falado em levar para a futura legenda uma lista com cerca de 40 nomes, a maioria filiada ao DEM. São governadores, prefeitos, deputados federais e estaduais.

Em conversa nesta sexta-feira testemunhada por três fontes, ACM Neto afirmou que vai liberar Maia, e somente ele. Mas que até mesmo a liberação do deputado pode ser repensada se o ex-presidente da Câmara, que comandou o parlamento por quase cinco anos, insistir em articular a saída de mais políticos da legenda. Caso isso aconteça, Maia só poderá se filiar a outra sigla no ano que vem, após a abertura da janela partidária. ACM Neto tem ligado para políticos do DEM para garantir que permaneçam na legenda.

(Confira a íntegra da reportagem exclusiva para assinantes)