Acordo entre Odebrecht e Procuradoria Geral dominicana é homologado

Santo Domingo, 19 abr (EFE).- A Justiça da República Dominicana acolheu nesta quarta-feira o pedido de homologação do acordo entre a Procuradoria Geral do país (PGR) e a Odebrecht, que deverá pagar aos cofres públicos US$ 184 milhões, o dobro do que admitiu ter desembolsado em propinas para ser favorecida em licitações de obras públicas.

A decisão foi tomada pelo juiz do Terceiro Tribunal de Instrução do Distrito Nacional, Danilo Quevedo, em uma breve audiência realizada a portas fechadas.

O procurador geral, Jean Alain Rodríguez, manifestou sua "satisfação" com a decisão e afirmou que em 30 dias a Odebrecht revelará os nomes das pessoas que receberam as propinas que a empreiteira disse ter pagado no país entre 2001 e 2014. EFE