Activision aprova oferta de aquisição de R$ 340 bilhões da Microsoft

Acionistas da Activision Blizzard votaram de forma esmagadora a favor da proposta de aquisição de quase R$ 340 bilhões pela Microsoft. Foto: Reprodução.
Acionistas da Activision Blizzard votaram de forma esmagadora a favor da proposta de aquisição de quase R$ 340 bilhões pela Microsoft. Foto: Reprodução.
  • A reunião extraordinária foi realizada nesta quinta-feira (28);

  • Os detentores de mais de 98% das ações foram favoráveis à fusão;

  • O acordo não poderia ter avançado sem a maioria dos acionistas dando sinal verde.

Os acionistas da Activision Blizzard votaram de forma esmagadora a favor da proposta de aquisição de quase R$ 340 bilhões pela Microsoft. Em uma reunião extraordinária realizada nesta quinta-feira (28), os detentores de mais de 98% das ações foram favoráveis à fusão.

Embora a empresa tenha chamado a votação de não vinculativa e consultiva, o acordo não poderia ter avançado sem a maioria dos acionistas dando sinal verde. O conselho de administração concordou por unanimidade que era do melhor interesse da Activision Blizzard e de seus acionistas e recomendou que votassem a favor.

A fusão planejada não está finalizada e ainda pode entrar em colapso. A Comissão Federal de Comércio dos EUA está revisando o acordo e espera-se que examine de perto os detalhes.

A Microsoft e a Activision Blizzard também precisarão de aprovação regulatória do Reino Unido, União Europeia, China e algumas outras jurisdições, de acordo com dados da agência americana que regula o mercado de capital no país, a SEC (Securities and Exchange Commission). As empresas esperam que o acordo seja fechado até junho de 2023.

Existem outras considerações que podem afetar a fusão planejada entre Activision Blizzard-Microsoft além das preocupações antitruste. A editora de games está sob pressão significativa após o processo do estado da Califórnia em julho, alegando que a empresa promoveu uma cultura de “assédio sexual constante”. O Wall Street Journal informou em novembro que o CEO Bobby Kotick está ciente das alegações de má conduta sexual na empresa há anos. O processo da Califórnia está em andamento, embora um juiz tenha aprovado recentemente um acordo de R$ 85 milhões com a Comissão de Oportunidades Iguais de Emprego dos EUA.

Enquanto isso, alguns funcionários de garantia de qualidade do estúdio Raven Software da Activision estão realizando eleições sindicais, que devem acontecer nas próximas semanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos