Acusada de se passar por mulher negra através de maquiagem, Iggy Azalea rebate comentários

·1 minuto de leitura

Iggy Azalea respondeu às pessoas que a acusavam de "blackfishing", termo utilizado para classificar a prática em que pessoas brancas tentam se passar por negras por conveniência. A polêmica começou a ser levantada após o lançamento de seu clipe "I Am The Stripclub".

A rapper, de 31 anos, foi criticada por aqueles que acreditam que ela usava maquiagem e uma peruca escura para fingir ser negra. Ela, por sua vez, rebateu as acusações e as classificou como "ridículas e sem fundamento".

Defendendo-se em uma série de tuítes sobre o assunto, Iggy disse que ela estava com a mesma maquiagem que usa há três anos.

Quando alguém compartilhou uma foto em que compara dois momentos diferemtes da cantora no Twitter, ela respondeu: 'Sou da mesma cor de sempre, só que em uma sala mal iluminada com luzes vermelhas. É a mesma maquiagem em todas as outras partes do vídeo, apenas com um olho esfumaçado e uma peruca diferente".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos