Acusado de abuso, James Franco admite ter transado com alunas

·1 min de leitura
James  Franco (Foto: reprodução/Instagram)
James Franco (Foto: reprodução/Instagram)

Quebrou o silêncio! Acusado de abuso sexual em 2019, James Franco finalmente falou abertamente sobre o caso. Tudo teria acontecido entre 2014 e 2017, período em que o ator fundou uma escola e deu aulas de atuação.

Franco nega ter tido relações sexuais com Sarah Tither-Kaplan e Toni Gaal, que optaram por encerrar o processo após um acordo, mas confirma que já se envolveu com outras alunas.

"Vou admitir, eu realmente fiz sexo com estudantes. Mas não dormi com ninguém dessa aula em particular. Durante o curso, eu realmente transei com estudantes e isso foi errado. Mas, como disse, não foi por isso que abri a escola. [...] Mas, sim, houve algumas situações consensuais com estudantes e isso não deveria ter acontecido", declarou ao podcast The Jess Cagle.

Viciado em sexo, ele também revelou que está em tratamento há cerca de 5 anos. "É uma droga poderosa. Fiquei viciado por mais de 20 anos. E uma parte curiosa é que fiquei sóbrio de álcool o tempo inteiro. [...] Eu nunca fui fiel a ninguém. Eu traí todo mundo antes de Isabel [Pakzad, atual namorada do ator]", disse.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos