Acusado de envolvimento em invasão de fórum no Rio, traficante vai para isolamento em presídio federal após briga com outro detento

O traficante carioca Vanderlan Ramos da Silva, conhecido como Chocolate, foi encaminhado para isolamento de 10 dias após ter brigado com outro detento na penitenciária federal de Porto Velho, em Rondônia, onde cumpre pena. Vanderlan é acusado de envolvimento na invasão do fórum de Bangu, na Zona Oeste do Rio, em 2013. Segundo as investigações, ele seria um dos traficantes resgatados na ação.

De acordo com relatório da penitenciária de Porto Velho, ao qual o EXTRA teve acesso, o desentendimento ocorreu durante o banho de sol, no dia 02 de junho. Segundo o documento, por volta das 10h40 daquele dia, Vanderlan e o preso Giordany Bonocore da Silva, conhecido como Jogador, “agrediram-se mutuamente”.

Após o episódio, a direção da penitenciária determinou que os presos ficassem isolados pelo período de 10 dias.

Giordany é do Rio Grande do Sul e já foi jogador da categoria de base do Grêmio. Ele é acusado de envolvimento com o tráfico de drogas. Jogador foi levado para presídio federal em março de 2020. Em 2013, aos 18 anos, era um dos criminosos mais procurados pela Polícia Civil do seu estado.

No dia 31 de outubro de 2013, criminosos invadiram o fórum de Bangu para resgatar Chocolate e outros comparsas, que já estavam presos. Os traficantes estavam no local para participar de audiências. Um policial militar e uma criança de oito anos foram mortos no ataque e nenhum criminoso foi resgatado. No ano seguinte, os envolvidos na invasão foram encaminhados para presídio federal de segurança máxima fora do Rio.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos