Adeus da Escócia a Isabel II

O caixão com o corpo da rainha Isabel II, do Reino Unido, permanece na Catedral de Santo Egídio em Edimburgo, onde os súbditos vão poder-se despedir da soberana.

Até terça-feira à tarde, espera-se que milhares de escoceses possam prestar as últimas homenagens à rainha, após passarem por rigorosas medidas de segurança para entrar no templo.

O carro funerário chegou à Catedral de Santo Egídio numa procissão que saiu do Palácio de Holyroodhouse, a residência oficial do monarca britânico na Escócia, onde o corpo repousava desde domingo.

No cortejo fúnebre participaram o Rei Carlos III e os irmãos, a princesa Ana e os príncipes André e Eduardo.

Na missa de corpo presente, participaram a rainha consorte Camilla, vários membros da Família Real e políticos entre os quais a primeira-ministra escocesa Nicola Sturgeon.

Ao início da tarde desta terça-feira, o caixão com o corpo da rainha será trasladado para Londres, de avião.

A soberana passará essa noite no Palácio de Buckingham, de onde sairá na quarta-feira para Westminster Hall, onde ficará por quatro dias.

A Rainha Isabel II será enterrada no dia 19 de setembro na Abadia de Westminster.