Adilson Batista substitui Abel Braga, que deixa o Cruzeiro após derrota para o CSA

O Cruzeiro dará suas últimas cartadas contra o rebaixamento com um novo técnico. Abel Braga deixou o comando do time a três rodadas do fim do Brasileirão, após a derrota para o CSA, na noite de quinta-feira. Na manhã desta sexta, o gestor de futebol, Zezé Perrella, comunicou a saída e a contratação de Adilson Batista para o cargo.

Abel foi o terceiro treinador do Cruzeiro neste Brasileirão. Antes, passaram pelo clube Mano Menezes e Rogério Ceni.

— Ontem, completaram-se dois meses (da chegada). E de forma muito rápida estou saindo. Estou me despedindo com consciência doendo, porque vim com o intuito único de ajudar esse clube — disse Abel Braga.

O adeus de Abel se dá após um dramático revés no Mineirão para o CSA, por 1 a 0. Ao longo da passagem, foram 14 partidas, com três vitórias, oito empates e três derrotas.

Já Adilson volta ao Cruzeiro após nove anos. Ele treinou a equipe entre 2008 e 2010, com 96 vitórias, 33 empates e 39 derrotas em 168 jogos. Ele foi bicampeão mineiro (2008 e 2009) e vice-campeão da Libertadores (2009) no clube onde jogou entre 1989 e 1993.

Essa não foi a única mudança de comando entre os que lutam contra o rebaixamento. Já na madrugada desta sexta, Argel Fucks anunciou que trocaria o CSA pelo Ceará.