Administrador russo da região ucraniana de Kharkiv pede retirada total da população

LONDRES (Reuters) - O administrador-chefe de partes da região ucraniana de Kharkiv, controlada pela Rússia, onde ele está instalado, recomendou neste sábado que todos os habitantes se retirem da área e se dirijam para a Rússia "para salvar vidas", segundo a agência de notícias estatal russa TASS.

Vitaly Ganchev disse que representantes oficiais estão prontos para fornecer alimentos, aquecimento e assistência médica aos refugiados, de acordo com a TASS.

O Ministério da Defesa da Rússia disse que está retirando tropas de Izium e Balakliia -centros cruciais de suprimentos militares na região de Kharkiv- enquanto a Ucrânia reivindica rápidos avanços.

Ganchev havia dito na sexta-feira que civis estavam sendo retirados de várias cidades que haviam estado sob forte pressão depois que as linhas defensivas da Rússia foram violadas.

Vyacheslav Gladkov, governador da região vizinha de Belgorod, na Rússia, disse em seu canal no Telegram que um serviço de alimentação móvel e pontos de aquecimento e assistência médica estavam sendo fornecidos aos refugiados em veículos que faziam fila para entrar na Rússia através da fronteira de Logachevka.

(Reportagem da Reuters)

(Tradução Redação Brasília, 55 11 5047-2695); REUTERS BC)