Adolescente confessa ter matado a ex-namorada a tiros e é preso

Adolescente de 17 anos confessou ter assassinado a ex-namorada a tiros por não aceitar o término do relacionamento, em Pindamonhangaba (SP). (Foto: Reprodução)
Adolescente de 17 anos confessou ter assassinado a ex-namorada a tiros por não aceitar o término do relacionamento, em Pindamonhangaba (SP). (Foto: Reprodução)

O ex-namorado da jovem Juliana Fernandes Cândido, morta a tiros em Pindamonhangaba (SP), confessou o crime na noite desta sexta-feira (20), quando foi preso.

O rapaz, de 17 anos, já era considerado o principal suspeito pelo assassinato da estudante, de 19 anos. A investigação conduzida pela Delegacia de Investigações Criminais (Deic) de Taubaté descobriu que familiares do adolescente o ajudaram a fugir.

Antes de ser preso em um cerco policial em São José dos Campos, o criminoso que estava de carro havia passado por Ubatuba e Caraguatatuba, cidades do litoral norte de São Paulo. A operação de buscas mobilizou cerca de 50 policiais civis de Taubaté e Pindamonhangaba.

À polícia, o rapaz afirmou que mantinha um relacionamento amoroso com a jovem e que ficou inconformado com uma suposta traição da então namorada, lançando mão de uma arma de fogo.

A família da vítima disse entretanto que havia mensagens no celular de Juliana em que o rapaz demonstrava não aceitar a separação.

"Vai terminar comigo o c*", escreveu.

O adolescente vai responder por flagrante por ato infracional análogo a homicídio. A investigação ainda apura onde está a arma usada no crime e como ela foi adquirida pelo infrator.

Crime

Juliana foi morta quando estava prestes a entrar no carro dirigido pelo pai, que a esperava na saída da escola. Ao ser surpreendido pelos tiros, o pai saiu em desespero para tentar socorrer a filha, mas ela já estava morta.

A família conhecia o namorado mas afirmou que não sabia do término e muito menos de qualquer comportamento suspeito do ex. O corpo de Juliana foi velado e enterrado nesta sexta-feira (20) em Pindamonhangaba (SP).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos