Adolescente de 15 anos se diz 'pistoleiro' e cobra R$ 375 por assassinato na Colômbia

O adolescente sustenta a família com o dinheiro das mortes por encomenda (Foto: Reprodução/Caracol)

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Adolescente diz que começou a trabalhar como assassino de aluguel para vingar a morte de um irmão, assassinado por uma quadrilha da cidade

  • Jovem pistoleiro atua na cidade de Medellín, sede do cartel e do império do famoso traficante Pablo Escobar

Um adolescente de 15 anos contou a uma rede de televisão local que atua como assassino de aluguel na Colômbia, e cobra o equivalente a R$ 375 por cada morte encomendada. Ele fez a confissão no programa "Los Informantes", da TV Caracol.

O jovem pistoleiro, que se identifica como Santiago, atua na cidade de Medellín, onde o famoso traficante Pablo Escobar construiu um cartel que alimentou seu império nos anos 80. O garoto revelou que aprendeu a matar pessoas após se envolver com o tráfico, aos dez anos de idade.

Leia também

O menino Santiago relata que, na primeira vez em que matou alguém, tinha a intenção de vingar a morte de um irmão nas mãos de uma quadrilha da cidade. Naquele dia, ele tirou duas vidas – e desde então não parou.

"No começo eu ficava com medo. Agora, não mais. Parece que acabei gostando de sangue", contou Santiago.

O adolescente sustenta a família com o dinheiro que ganha com os assassinatos por encomenda. Eles moram em uma favela na cidade que é a segunda maior da Colômbia e a capital do departamento de Antioquia.