Adolescente de 15 anos vira 'herói de guerra' na Ucrânia após pilotar drone de ataque

Adolescente afirmou que a experiência foi
Adolescente afirmou que a experiência foi "muito assustadora" (Foto: AP Photo/Natacha Pisarenko)
  • Um adolescente ucraniano de 15 anos foi considerado "herói de guerra" na Ucrânia após ajudar o exército do país a destruir uma coluna militar da Rússia

  • Identificado como Andrii Pokrasa, o jovem foi o responsável por pilotar o veículo aéreo durante uma missão na guerra que já dura cerca de quatro meses

  • As informações obtidas pelo jovem ajudaram os soldados ucranianos a conter o avanço da Rússia naquele momento crucial

Um adolescente ucraniano de 15 anos foi considerado "herói de guerra" na Ucrânia após ajudar o exército do país a destruir uma coluna militar da Rússia que se aproximava da capital Kiev. Identificado como Andrii Pokrasa, o jovem foi o responsável por pilotar o veículo aéreo durante uma missão na guerra que já dura cerca de quatro meses.

"Ele era o único que tinha experiência com drones naquela região", explicou o comandante Yurii Kasjanov, em entrevista à rede de televisão canadense Global News. "Ele é um verdadeiro herói."

No final de fevereiro, dias após a invasão da Rússia na Ucrânia, os soldados russos seguiam em direção da capital Kiev. As defesas ucranianas procuravam um piloto de drone para localizar uma coluna de veículos militares que se aproximava para impedir, portanto, o avanço das tropas.

Pokrasa assumiu essa tarefa. Segundo a imprensa internacional, o jovem utilizou o próprio equipamento para verificar onde estava o comboio russo.

"Eles nos forneceram informações onde aproximadamente a coluna russa poderia estar. Nosso objetivo era encontrar as coordenadas exatas e fornecê-las aos soldados", disse Pokrasa ao jornal.

As informações obtidas pelo jovem ajudaram os soldados ucranianos a conter o avanço da Rússia naquele momento crucial, segundo o jornal.

Experiência "muito assustadora"

À rede de TV canadense, o adolescente afirmou que a experiência foi "muito assustadora". Apesar do medo, ele disse que se sentiu "aliviado" ao saber que ajudou a impedir uma invasão russa à sua cidade.

Os detalhes da localização obtidos por Pokrasa foram encaminhados às forças ucranianas pelo pai do adolescente, por um aplicativo. Na época, a tropa russa foi detida perto de Berezivka, cerca de 40 quilômetros de Kiev.

Mais de três meses se passaram, no entanto, e a guerra ainda continua. Nesta quarta-feira (9), agentes ucranianos desarmaram uma mina aquática encontrada em uma praia na cidade litorânea de Odessa. O momento foi registrado pela agência Reuters.

Nas areias das praias de Odessa, há faixas com placas “Perigo! Minas”. O local, normalmente, é um ponto turístico durante o verão europeu, mas o cenário da guerra mudou radicalmente o panorama.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos