Adolescente frauda concurso em escola e pode ser presa

Uma mulher de 50 anos e sua filha de 18 podem pegar até 16 anos de prisão nos EUA. De acordo com as autoridades, Laura Carroll e sua filha, Emily Grover, hackearam o concurso de rainha do baile na Tate High School, no noroeste da Flórida, no ano passado.