Adolescente furta R$ 3 mil da avó para ver webnamorada, mas é detido após percorrer 1000 km de táxi

·1 minuto de leitura
Jovem foi levado ao Conselho Tutelar - Foto: Reprodução/ PRF-GO
Jovem foi levado ao Conselho Tutelar - Foto: Reprodução/ PRF-GO
  • Adolescente foi detido em Jataí, após quase 1000 km percorridos de táxi

  • Lá, explicou que havia furtado R$ 3 mil de sua avó para conhecer uma namorada que conheceu online

  • Ele foi encaminhado ao Conselho Tutelar, enquanto o motorista do táxi pode ser multado

Um adolescente de 15 anos foi parado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e impedido de seguir viagem após roubar R$ 3 mil de sua avó e percorrer quase mil quilômetros de táxi. O rapaz tinha como objetivo encontrar sua namorada virtual.

De acordo com informações do UOL, o garoto fugiu de casa em Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e foi de táxi até Jataí, no sudoeste de Goiás, onde foi detido em uma abordagem. Seu destino final era Natal, no Rio Grande do Norte, onde estaria a garota.

Leia também:

O adolescente explicou que conheceu a menina em um jogo virtual e, desde então, combinavam a possibilidade do encontro. Tudo foi por água abaixo, porém, em um procedimento rotineiro da PRF.

"Ao fiscalizar o veículo, os policiais ficaram surpresos quando constataram que o menor viajava sozinho. De acordo com o adolescente, ele saiu de Corumbá (MS) e tinha como destino a cidade de Natal (RN)", explicou a polícia em nota.

O próprio garoto, então, confessou que estava fugindo de casa e que roubara R$ 3 mil do cofre da avó, por quem foi criado. Ele utilizaria o dinheiro para pagar a viagem de táxi até Goiânia, a quase 1.300 km de Corumbá, de onde seguiria pedindo caronas até Natal.

Motorista pode ser multado

Com o plano interrompido, ele foi encaminhado ao Conselho Tutelar de Jataí, onde ficaria até que a família pudesse buscá-lo.

O motorista do táxi, por sua vez, foi levado à Central de Flagrantes da cidade. Ele pode ser multado em valor de três a 20 salários mínimos por transporte de criança ou adolescente sem autorização dos responsáveis legais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos