Adolescente morre baleado no Complexo do Alemão, no Rio

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Confrontos no Complexo do Alemão deixaram quatro baleados na tarde de ontem (24), entre eles, um adolescente e três policiais militares. Paulo Henrique Oliveira de Morais, de 13 anos, levou um tiro na barriga e foi levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na manhã de hoje (25). A Polícia Militar (PM) não informou em que circunstâncias ele foi atingido.

Os três policiais militares feridos continuam internados. Um deles foi baleado na perna e está em situação estável, no Hospital Getúlio Vargas. Outro foi ferido no braço e também está estável, no Hospital Central da Polícia Militar. No entanto, um terceiro, ferido no rosto e no braço, está em estado grave, no Hospital Getúlio Vargas, segundo informações da PM.

Na manhã de hoje, três escolas e sete unidades de educação infantil da prefeitura, que atendem a quase 4 mil alunos, estão fechadas devido ao risco de confrontos na comunidade.

Os conflitos no Complexo do Alemão começaram na última sexta-feira (21) depois que a Polícia Militar começou a instalar uma torre de observação blindada no alto da comunidade da Nova Brasília, uma das favelas que integram o complexo.