Adolescente que atirou em colegas em escola do Ceará usou arma registrada por CAC

Adolescente atirou em colegas em Sobral - Foto: Reprodução
Adolescente atirou em colegas em Sobral - Foto: Reprodução
  • Adolescente atirou contra três colegas em escola no interior do Ceará

  • Ele utilizou uma arma registrada por um Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC)

  • Duas das vítimas alvejadas foram internadas em estado grave

O aluno que atirou em três colegas nesta quarta-feira (5) em Sobral, no Ceará, utilizou uma arma registrada por um Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador (CAC).

A polícia havia informado, inicialmente, que a arma era de propriedade do pai do adolescente, mas a Secretaria da Segurança negou e explicou que ainda tenta identificar o CAC.

O caso aconteceu na Escola Estadual Professora Carmosina Ferreira Gomes, no bairro Sumaré.

De acordo com a Santa Casa de Sobral, dois adolescentes foram atingidos na cabeça. Um deles está em estado grave e o outro está estável. A terceira vítima foi atingida na perna.

Atirador alega bullying

Segundo o g1, o atirador e as vítimas estudavam na mesma sala na escola estadual cearense.

A polícia informou que o atirador declarou às autoridades que sofria bullying e, por isso, atirou contra os colegas. Ele foi preso na própria residência.

“Prontamente as equipes do Raio (grupo especial da Polícia Militar do Ceará) conseguiram realizar a prisão do aluno na residência dele, com a pistola utilizada no crime”, informou a polícia.