Adolescente resgatado 50 horas após desabamento de fábrica no Paquistão

Equipes de resgate buscam por vítimas após desabamente de uma fábrica, em Lahore, no dia 6 de novembro de 2015

Um adolescente foi resgatado com vida dos escombros de uma fábrica no Paquistão, mais de dois dias depois do desabamento e quando sua família acreditava ter enterrado o jovem, após um erro de identificação, anunciaram as autoridades locais neste sábado.

A família o considerava morto, depois de ter identificado outro corpo como o do adolescente e ter sepultado o cadáver errado no vilarejo de seus ancestrais.

"Com a bênção de Deus, Muhamad Shahid, de 18 anos, foi retirado 50 horas depois do desabamento", disse Muhamad Usman, funcionário do governo de Lahore, a cidade do leste do país onde aconteceu a tragédia na quarta-feira à noite.

Desde então, as equipes de emergência retiraram 40 corpos do local e conseguiram resgatar mais de 100 sobreviventes dos escombros da fábrica de quatro andares, que produzia bolsas de polietileno na zona industrial de Sundar, a 45 km do centro de Lahore.

O resgate do jovem provocou cenas de emoção e os socorristas gritaram "Allahu Akbar" (Deus é grande).

Quando o edifício desabou, quase 150 pessoas estavam na fábrica. As autoridades não sabem se ainda existem corpos nos escombros.

Alguns funcionários afirmaram que crianças trabalhavam na fábrica.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos