Adolescentes com comorbidades: saiba o que será preciso para ser vacinado na cidade de SP

·2 minuto de leitura
People queue to receive COVID-19 vaccine at Paulista Avenue in Sao Paulo, Brazil on July 25, 2021. Brazil has registered 476 more COVID-19 deaths in the past 24 hours, raising its national death toll to 549,924, the health ministry said on Sunday. Meanwhile, the total caseload rose to 19,688,663 after 18,129 new cases were detected, the ministry said. (Photo by Rahel Patrasso/Xinhua via Getty Images)
Após a "Virada da Vacina", capital começa imunização de jovens de 16 e 17 anos com comorbidades e deficiência permanente (Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty Images)
  • Cidade de São Paulo começa a vacina adolescentes com comorbidades ou deficiência na quarta-feira (18), além de gestantes e puérperas

  • Primeiro, serão vacinados jovens de 16 e 17 anos

  • Adolescentes devem ir aos postos de vacinação acompanhados dos pais

Na quarta-feira (18), a cidade de São Paulo começa a vacinar jovens com menos de 18 anos contra a covid-19. Os primeiros a serem imunizados na capital serão jovens de 16 e 17 anos com comorbidades ou deficiência permanente (física, sensorial ou intelectual), além de gestantes e puérperas. 

A lista de comorbidades que estão contempladas no plano de imunização da capital estão no site da prefeitura

Leia também:

No Brasil, a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos só pode ser feita com a vacina da Pfizer, a única aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária para esta faixa etária. 

Para que os jovens elegíveis sejam imunizados, eles devem: 

  • Estar acompanhados de um responsável 

  • Apresentar um laudo médico 

  • Ter comprovante de endereço na capital 

  • Levar o CPF e o cartão do SUS

Estarão abertos os postos drive-thrus, mega postos e todas as Unidades Básicas de Saúde. Todos os postos de vacinação seguirão com a aplicação de segunda dose. 

Veja onde se vacinar na capital paulista nesta quarta: 

  • Mega drive-thrus e Farmácias: vacinação D1 e D2. Funcionamento das 8h às 17h.

  • Megapostos: vacinação D1 e D2. Funcionamento das 8h às 17h.

  • Unidades Básicas de Saúde (UBSs): vacinação D1 e D2. Funcionamento das 7h às 19h.

  • AMAs/UBSs Integradas: vacinação D1 e D2. Funcionamento das 7h às 19h.

A cidade de São Paulo divulga o calendário de vacinação de acordo com a chegada de novas doses de vacinas ao município. Até o momento, não há previsão para que novas faixar etárias sejam vacinadas. No entanto, o calendário do estado prevê que todos os jovens com mais de 12 anos, com e sem comorbidades, estejam imunizados com a primeira dose até 12 de setembro.

Até o momento, a capital paulista vacinou 99,1% da população com mais de 18 anos com a primeira dose ou dose única, enquanto os 41,4% dos adultos já estão com o esquema vacinal completo, seja com duas doses ou dose única.

Confirma como está previsto o calendário de vacinação dos adolescentes no estado de SP:

  • 18 a 29 de agosto: 12 a 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas

  • 30 de agosto a 5 de setembro: 15 a 17 anos

  • 6 a 12 de setembro: 12 a 14 anos

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos