Adolescentes se negam a usar máscara e atrasam voo nos EUA

·1 minuto de leitura
(Arquivo) Avião da American Airlines no aeroporto internacional de Miami

Um voo da American Airlines que sairia da Carolina do Norte com destino às Bahamas foi atrasado em várias horas, depois que cerca de 30 passageiros adolescentes se negaram a usar máscara, anunciou a imprensa local nesta terça-feira.

O voo 893 deveria ter decolado do aeroporto Charlotte Douglas na noite de ontem, mas só o fez na manhã desta terça-feira, com os adolescentes a bordo.

Um atraso inicial de horas foi causado por problemas mecânicos, mas quando o avião estava pronto para decolar, teve início uma discussão entre tripulantes e o grupo de jovens, que se negavam a cumprir as normas federais, informou o canal local WSOC-TV.

O grupo era formado por cerca de 30 estudantes de Boston, que comemoravam sua formatura. No dia seguinte, eles acabaram concordando em usar a proteção, após passarem a noite no aeroporto. Ninguém foi preso.

O incidente reflete a redução da civilidade a bordo, segundo as companhias aéreas americanas. Os sindicatos e federações do setor pediram no mês passado ao Departamento de Justiça que atue de forma sistemática contra a violência nos aviões.

Desde 1º de janeiro, foram reportados 3.271 incidentes envolvendo passageiros, 2.475 deles ligados a pessoas que se negavam a usar máscara, segundo a agência de aviação americana (FAA).

dax/rle/jh/dw/rsr/yow/lb

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos