Adriane Galisteu homenageia Ayrton Senna e comove fãs anônimos e famosos do piloto

Extra
·1 minuto de leitura

Há 26 anos, um acidente deixou perplexos fãs do Brasil e do mundo. Ayrton Senna, até hoje considerado um pilar na Fórmula 1, não resistiu aos ferimentos. A batida aconteceu no dia primeiro de maio de 1994, durante uma corrida na Itália. Nesta sexta-feira, Adriane Galisteu homenageou o piloto: postou uma foto em que os dois aparecem juntinhos e comoveu internautas. Os dois namoraram no passado. Senna tinha apenas 34 anos quando morreu.

" Há um desejo em mim de sempre melhorar... Melhorar é o que me faz feliz! Ayrton Senna", escreveu ela na legenda das imagens publicadas em seu perfil na Internet. A frase usada por Galisteu é uma declaração dada pelo piloto há mais de duas décadas.

Famosos e anônimos também prestaram homenagem ao piloto: "Tenho um autógrafo dele. É meu amuleto.", disse a também apresentadora Sabrina Parlatore. Já Elba Ramalho revelou quando conheceu conheceu o piloto: "Conheci o Senna com você (Galisteu), no meu show em São Paulo."

Fãs de Ayrton também marcaram presença: "Que saudade desse homem entre nós! Como é possível sentir tanta falta de alguém que eu não conheci pessoalmente?", questionou uma fã. "Esse, sim, foi herói brasileiro! Que saudade de ouvir aquela música aos domingos", disse outro.