Advogados atendem de graça vítimas de intolerância política

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Instituto Anjos da Liberdade, grupo de advogados que atuam em ações em favor dos direitos humanos, lançou na última sexta-feira (4) o projeto Anjos pela Democracia.

O objetivo fazer a defesa pro bono, ou seja, de graça, de vítimas de violações motivadas por convicções políticas.

De acordo com Marcio Ruzon, coordenador da iniciativa, a ideia surgiu ao receberem relatos de pessoas que haviam sido demitidas ou estavam sofrendo constrangimentos por conta do voto na eleição presidencial. Segundo ele, há casos de xenofobia, homofobia e racismo relacionados à intolerância política.

Quem quiser auxílio judicial, pode entrar em contato com o grupo por meio da conta no Instagram.