Aeroporto de La Palma reabre, mas voos seguem cancelados por vulcão em erupção

·1 minuto de leitura

LA PALMA (Reuters) - O aeroporto da ilha espanhola de La Palma foi reaberto neste domingo, embora os voos permaneçam cancelados depois que o vulcão continuou a lançar lava e a lançar nuvens de cinzas nos arredores uma semana após entrar em erupção.

Especialistas disseram neste domingo que há atualmente dois fluxos de lava ativos, um fluxo rápido para o norte e outro mais lento para o sul.

"Temos um fluxo para o norte que está se movendo rapidamente... essa lava vem de áreas mais internas da cratera e sua temperatura é de cerca de 1.250 graus [Celsius]", disse Miguel Angel Morcuende, diretor do comitê de resposta a vulcões, o Pevolca, em coletiva de imprensa neste domingo.

Imagens de drones da Reuters mostraram um rio rápido de lava incandescente descendo as encostas da cratera, passando perto das casas, e também faixas de terra e edifícios encurralados por uma massa negra de lava lenta.

Morcuende disse que as pessoas evacuadas de Tacande de Arriba, Tacande de Abajo e Tajuya poderão voltar para suas casas.

A operadora de aeroportos da Espanha, Aena, disse que o aeroporto foi reaberto depois que as equipes retiraram as cinzas da pista. Mas a Binter, companhia aérea das Ilhas Canárias, disse que manterá os voos cancelados no dia de hoje por causa das condições.

(Por Guillermo Martinez, Jon Nazca, Nacho Doce e Marco Trujillo em La Palma)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos