Afegã nascida em avião americano se chamará 'Reach', codinome da aeronave

·1 minuto de leitura
Médicos del ejército estadounidense ayudan a bajar de un avión a una mujer afgana y su bebé el 21 de agosto de 2021

Uma garota afegã nascida a bordo de um avião militar americano que evacuava seus pais para a base de Ramstein, na Alemanha, foi batizada de Reach, em homenagem ao codinome da aeronave, revelou o comandante das forças americanas na Europa, general Tod Wolters, nesta quarta-feira (25).

A grávida começou a sentir contrações no voo desde o Catar. Logo após pousar em Ramstein, os militares americanos realizaram o parto dentro avião, antes da mulher ser transportada com seu bebê para um hospital próximo.

Cada aeronave militar americana possui um codinome para se comunicar com outras aeronaves ou torres de controle, 'Reach' no caso de aviões de carga C-17.

Os pais "a chamaram de Reach porque era o codinome do C-17" (Reach 828)", revelou Wolters aos repórteres. “Como você pode imaginar, como piloto da Força Aérea dos Estados Unidos, meu sonho é ver essa garotinha chamada Reach crescer como uma cidadã americana e voar em jatos de combate em nossa Força Aérea”, acrescentou.

O general disse que cerca de 100 pessoas, das 7.000 evacuadas de Cabul através de bases americanas na Europa desde 20 de agosto, receberam ajuda médica, seja por sintomas de covid-19 ou por outros motivos médicos.

Dessas 100 pessoas, 25 foram internadas em um hospital local e 12 já tiveram alta, disse Wolters.

Dois outros bebês nasceram após o desembarque na base Ramstein.

sl/cjc/dl/gm/am

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos