Afegãs vão poder frequentar universidades, mas separadas dos homens

Mulheres afegãs vão poder frequentar universidades, mas aulas mistas vão ser proibidas. O anúncio foi feito neste domingo pelo ministro do Ensino Superior do Talibã, Abdul Baqi Haqqani. No Vaticano, o Papa Francisco falou sobre o momento vivido no país, ao final da oração do Angelus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos