Afegã dá à luz a 10 mil metros de altura em voo fugindo do Talibã

·1 minuto de leitura
A pequena Havva nasceu a 10 mil metros de altura - Foto: Divulgação/Turkish Airlines
A pequena Havva nasceu a 10 mil metros de altura - Foto: Divulgação/Turkish Airlines
  • Soman Noori estava em um voo que saiu de Cabul rumo à Inglaterra

  • A mulher de 26 anos fugia do Talibã, que retomou o poder no Afeganistão

  • Quando o avião sobrevoava o Kuwait ela deu à luz a pequena Havva

Uma afegã deu à luz sua filha em um avião, enquanto fugia do Talibã. O caso aconteceu no último sábado (28), em voo que partiu de Cabul com destino à Inglaterra.

A mulher em questão é Soman Noori, de 26 anos, uma das milhares de pessoas afegãs que encontraram uma forma de escapar do país após o Talibã reassumir o poder há duas semanas.

Leia também:

Soman começou a sentir as primeiras contrações quando o voo passava pela região dos Emirados Árabes Unidos. Momentos depois, com o avião sobrevoando o Kuwait, a pequena Havva veio ao mundo.

De acordo com informações da imprensa europeia, tanto Soman quanto Havva estão em segurança e passam bem. O avião chegou a pousar no Kuwait, por precaução, mas em sequência seguiu rumo a Birmingham, seu destino final.

Talibã retomou o poder no Afeganistão (Wakil Kohsar/AFP via Getty Images)
Talibã retomou o poder no Afeganistão (Wakil Kohsar/AFP via Getty Images)

O parto foi conduzido pela tripulação da Turkish Airlines, responsável por auxiliar Soman.

Outro caso semelhante

Apenas uma semana antes, no dia 21 de agosto, uma afegã deu à luz uma menina em um avião também quando fugia dos talibãs. O parto aconteceu logo após o pouso em uma base aérea em Ramstein, na Alemanha.

A mulher estava a bordo de um voo de evacuação militar rumo à base dos Estados Unidos em território alemão. Na ocasião, ela chegou a ter complicações por causa da pressão do ar no avião, mas uma manobra do comandante possibilitou que o parto acontecesse com segurança.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos