Agência da ONU celebra retomada da ajuda dos EUA aos palestinos em "momento crítico"

·1 minuto de leitura
Escola administrada pela UNRWA em Rafah, Faixa de Gaza

A UNRWA, agência da ONU para os refugiados palestinos, elogiou nesta quinta-feira a retomada da ajuda financeira dos Estados Unidos, suspensa pelo ex-presidente Donald Trump em 2018.

O comissário geral da UNRWA, Philippe Lazzarini, expressou em um comunicado seu "agradecimento pela renovação das relações" entre a agência e os Estados Unidos, "que acontece em um momento crítico".

"A UNRWA não poderia estar mais feliz, porque uma vez mais vamos nos associar aos Estados Unidos para dar uma assistência essencial a alguns dos refugiados mais vulneráveis do Oriente Médio e cumprir assim nossa missão, que consiste em educar e prestar atendimento de saúde a milhares de refugiados a cada dia", afirmou.

"UNRWA e Estados Unidos são sócios históricos", destacou Lazzarini.

O presidente Joe Biden disse que Washington concederá 150 milhões de dólares a UNRWA, além de US$ 75 milhões em assistência econômica e desenvolvimento para Gaza e Cisjordânia e 10 milhões para os esforços de paz.

Além disso, em uma ligação para o rei Abdullah II da Jordânia, Biden "afirmou que os Estados Unidos apoiam a solução de dois Estados para o conflito israelense-palestino", segundo um comunicado da Casa Branca.

msh/sk/hj/bl/mis/fp