Agência europeia: duas doses de vacina parecem proteger contra a variante Delta

·1 minuto de leitura
Centro de vacinação contra a covid-19 em Leverkusen, oeste da Alemanha

Duas doses de vacina anticovid parecem proteger de maneira eficaz contra a variante Delta do coronavírus, muito contagiosa e que se propaga rapidamente, afirmou nesta quinta-feira a Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

"Informações procedentes de exames concretos mostram que duas doses de vacina protegem contra l variante Delta", disse Marco Cavaleri, diretor de estratégia de vacinação da EMA.

Os casos de coronavírus voltaram a aumentar desde a semana passada na Europa, após 10 semanas consecutivas de queda, anunciou nesta quinta-feira unidade continental da Organização Mundial da Saúde (OMS), atribuiu o aumento à variante.

"Somos conscientes da preocupação provocada pela rápida propagação da variante Delta", disse Cavaleri.

"Atualmente, parece que as quatro vacinas aprovadas na União Europeia (UE) protegem contra todas as cepas que circulam na Europa, incluindo a variante Delta", completou.

As quatro vacinas aprovadas pela EMA são Pfizer/BioNTech, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson.

A OMS prevê que a variante Delta, inicialmente detectada na Índia, será "dominante" até agosto, confirmando a previsão do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC, na sigla em inglês), que calcula que 90% dos casos dentro da UE serão provocados por esta variante na data citada.

dk/spm/bl/eg/mar/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos