Agência reguladora chilena aprova vacina da Pfizer para adolescentes

·1 minuto de leitura
Frascos da vacina da Pfizer-BioNTech contra Covid-19 em Santiago, Chile

Por Aislinn Laing

SANTIAGO (Reuters) - O órgão regulador de saúde pública do Chile informou em comunicado nesta segunda-feira que aprovou o uso da vacina da Pfizer-BioNTech contra Covid-19 para adolescentes.

A vacina da Pfizer-BioNTech contra Covid-19 já está sendo aplicada no Chile para maiores de 17 anos desde que a aprovação de emergência foi concedida em dezembro e agora será oferecida também para a faixa etária de 12 a 16 anos, disse o regulador ISP.

O ISP afirmou que sua decisão seguiu uma autorização semelhante concedida pela Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos EUA e pela Agência Europeia de Medicamentos.

O diretor do ISP, Heriberto Garcia, disse que a decisão ajudará o Chile a atingir sua meta de imunidade coletiva, com 80% da população-alvo vacinada até julho.

“É uma notícia muito boa para proteger nossos adolescentes, que com 14 dias após as duas doses terão uma imunidade muito boa para retomar a vida normal”, afirmou.

(Reportagem de Aislinn Laing)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos