Agência de segurança aérea da França enviará equipe ao Egito para investigar acidente

PARIS (Reuters) - A agência de segurança de aviação civil da França enviará uma equipe ao Egito após um avião russo ter sofrido um acidente na península do Sinai, matando todos a bordo, informou a agência horas depois do desastre neste sábado.

O avião, um Airbus A321 operado pela russa Kogalymavia sob o nome comercial de Metrojet, estava viajando do resort no Mar Vermelho de Sharm el-Sheikh para São Petersburgo, na Rússia, quando caiu no Sinai.

A agência francesa disse em comunicado que enviará dois investigadores de segurança junto com seis conselheiros técnicos da Airbus para o Egito em 1º de novembro.

Eles irão se juntar a dois investigadores do Escritório Federal de Investigação de Acidentes com Aeronaves da Alemanha e quatro do equivalente russo, segundo a agência francesa.

Todas as 224 pessoas a bordo morreram no acidente.

(Reportagem de Maya Nikolaeva)