Agência do governo americano autoriza início de transição de Trump para Biden

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
(COMBO) This combination of pictures created on September 29, 2020 shows US President Donald Trump (L) and Democratic Presidential candidate former Vice President Joe Biden squaring off during the first presidential debate at the Case Western Reserve University and Cleveland Clinic in Cleveland, Ohio on September 29, 2020. Democratic Presidential candidate and former US Vice President Joe Biden speaks during the first presidential debate at Case Western Reserve University and Cleveland Clinic in Cleveland, Ohio, on September 29, 2020. (Photos by JIM WATSON and SAUL LOEB / AFP) (Photo by JIM WATSON,SAUL LOEB/AFP via Getty Images)
Trump e Biden durante debate no dia 29 de setembro (JIM WATSON,SAUL LOEB/AFP via Getty Images)

A Agência de Serviços Gerais (GSA) do governo americano enviou uma carta ao presidente eleito Joe Biden informando que a administração de Donald Trump está preparada para começar o processo formal de transição entre os governos.

A carta, assinada pela administradora Emily Murphy, foi obtida pela CNN americana nesta segunda (23).

“Eu tomei a minha decisão de forma independente, baseada na lei e nos fatos disponíveis”, afirmou Murphy, reiterando que não sofreu pressão da Casa Branca para atrasar o processo de transição enquanto Trump não aceita a derrota no processo eleitoral.

Leia também

A GSA vinha sendo criticada nos últimos dias por dificultar o processo de transição. Inicialmente, as reclamações vinham apenas dos democratas, mas os republicanos, companheiros de partido de Trump, se juntaram ao coro.

Sem a aprovação da GSA, a equipe que tem sido montada por Biden não tinha acesso a informações importantes para se planejar e nem aos milhões de dólares disponíveis para assumir o comando do país.

Pouco depois da decisão de Murphy ser veiculada, Trump postou no Twitter que “pelo interesse do país”, ele tinha recomendado que a GSA fizesse o trabalho inicial, mas que não deixaria de seguir os casos em que tenta provar que venceu as eleições.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos