Agente penitenciário é mantido refém por presos no interior do Paraná

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Os presos da Delegacia de Arapoti, há 250 km de Curitiba, iniciaram uma rebelião por volta das 17h desta sexta-feira (21) e fizeram um agente carcerário refém.

Segundo a Polícia Civil, o local pode abrigar 24 pessoas mas tem atualmente 76 presos.

De acordo com a polícia, os detentos conseguiram quebrar o cadeado de uma cela e renderam o agente carcerário, com uma barra de ferro, no momento em que ele levava as marmitas do jantar na carceragem.

A delegacia não informou o que os amotinados reivindicam.

Estão mobilizados na negociação policiais civis e militares de quatro cidades: Arapoti, Irati, Wenceslau Braz e Jaguariaíva.

Desde o início da rebelião, a movimentação de parentes de presos em frente à delegacia é grande.

Eles buscam informações sobre os detentos.

De acordo com a Polícia Civil de Arapoti, até às 5h, deste sábado (22) o agente ainda era mantido refém, depois de 12 horas, e nenhum preso fugiu.