Agentes de Endrick conversam com Barcelona, diz jornal

Clube espanhol teria interesse em Endrick, mas o Palmeiras não gostaria de negociá-lo com clubes espanhóis.
Clube espanhol teria interesse em Endrick, mas o Palmeiras não gostaria de negociá-lo com clubes espanhóis. (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Dirigentes do Barcelona se encontraram com agentes de Endrick, atacante do Palmeiras, nesta semana para negociarem uma possível transferência da joia brasileira para o clube da Catalunha, de acordo com informações publicadas pelo jornal especializado em futebol Sport, da Espanha.

O jornal ainda publicou que na reunião entre os empresários e os cartolas do Barça, foi explicado pelos espanhóis que o garoto se tornou um dos objetivos do Barcelona no mercado da América do Sul, já que fora aprovado em todas as etapas da área esportiva do clube.

Leia também:

Palmeiras evita venda para times da Espanha

Sensação das categorias de base do Palmeiras desde que surgiu para as competições, o atacante Endrick, que chama a atenção nesta temporada do Campeonato Brasileiro sub-20, sofre grandes assédios de clubes gigantes europeus, como Barcelona e Real Madrid, mas, se depender do Palmeiras, este não será o primeiro destino de sua joia. A razão é uma só: tributos impostos pela Receita da Espanha, que cobra uma taxa de 15% do valor das transferências de jogadores oriundos do Brasil. A Espanha é o único país que, já há alguns anos, cobra este 'pedágio' referente às negociações de futebol.

Por exemplo, caso Real Madrid ou Barcelona ofereçam 50 milhões de euros para o Palmeiras, cerca de R$ 259,6 milhões na cotação atual, a Receita iria pegar 7,5 milhões de euros, aproximadamente R$ 39 milhões. De acordo com informações publicadas pelo jornalista italiano Fabrizio Romano, o vínculo de Endrick com o Palmeiras é válido até o ano de 2025 e a multa rescisória terá valor de 60 milhões de euros, aproximadamente R$ 316 milhões na cotação atual.