Agetransp diz que vai abrir boletim de ocorrência para apurar acidente no metrô

A Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transportes (Agetransp) afirmou, neste sábado, que vai abrir um boletim de ocorrência para apurar as circunstâncias do acidente na estação de metrô do Estácio, que deixou mais de 20 pessoas feridas na manhã desta sexta-feira. Segundo passageiros, o acidente foi causado por uma falha na escada rolante. A Agetransp esclareceu, ainda, que, caso seja comprovada a responsabilidade da empresa, será aberto um processo regulatório que pode resultar em penalidade.

A Secretaria Municipal de Saúde também informou que, das 21 vítimas notificadas na rede municipal, apenas duas permanecem internadas. Uma das sete pessoas que deram entrada no Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon, ainda não foi liberada e está internada com quadro de saúde estável.

No Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, das nove pessoas que deram entrada, oito receberam alta e uma permanece na unidade com estado de saúde estável. Uma vítima, que deu entrada no CER Centro, foi atendida e liberada. Já no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, os quatro pacientes atendidos já deixaram a unidade.

O acidente aconteceu por volta das 8h30 desta sexta-feira. Em publicações de passageiros que estavam no local, era possível ver as plataformas de embarque cheias. Segundo relatos de quem presenciou as cenas, houve confusão e correria com o acidente, que pode ter sido provocado por excesso de passageiros na plataforma. Devido à grande concentração de pessoas, a saída da escada rolante ficou bloqueada, fazendo com que muitas caíssem umas sobre as outras. O Corpo de Bombeiros foi acionado e enviou ambulâncias para a estação.

O MetrôRio informou que "nos feriados e finais de semana, quando há um fluxo maior de clientes da linha 2 fazendo transferência na Estação Estácio, o MetrôRio realiza programação de efetivo de acordo com o fluxo de passageiros". A concessionária completa que, em casos pontuais, como o ocorrido na manhã desta sexta-feira, "foi deslocada uma equipe extra para fazer o primeiro atendimento aos clientes". Leia a nota do MetrôRio, divulgada no fim da manhã, na íntegra sobre o acidente:

Sobre o ocorrido nesta manhã na estação Estácio, o MetrôRio esclarece que o aparelho de mobilidade foi minuciosamente inspecionado e que não houve falhas no seu funcionamento, diferentemente do que foi divulgado mais cedo. Até o momento, a informação é de que passageiros tentaram usar a escada rolante de subida para descer, o que provocou tumulto e quedas. A equipe da concessionária, assim como o Corpo de Bombeiros e o SAMU, prestaram todo o atendimento e suporte aos clientes.