Agropecuária despenca 8% no PIB com efeitos do clima e antecipação de embarques de soja

·1 min de leitura

RIO- Com quebra de safra em várias culturas importantes devido a problemas climáticos, a produção agropecuária despencou 8% entre julho e setembro, na comparação com o segundo trimestre, e ajudou a deixar o PIB brasileiro no terreno negativo.

O setor também influenciou numa queda de 9,8% nas exportações no período. Muitos produtores anteciparam seus embarques de soja para o segundo trimestre, o que afetou as vendas externas do país no trimestre seguinte, explicou Rebeca Pallis, coordenadora de Contas Nacionais do IBGE.

As safras afetadas pelo clima foram principalmente café, algodão e milho, cujas produções recuaram, respectivamente, 22,4% e 17,5% e 16% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

Com isso, a agropecuária teve um tombo de 9% quando se compara o período atual com o terceiro trimestre do ano passado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos