AIEA está "muito, muito perto" de ir à usina nuclear ucraniana de Zaporizhzhia, diz Grossi

Diretor-geral da AIEA, Rafael Grossi, durante entrevista coletiva em Viena

VIENA (Reuters) - A agência de energia nuclear da Organização das Nações Unidas (ONU) está "muito, muito perto" de poder ir à usina nuclear ucraniana de Zaporizhzhia, a maior da Europa e atualmente controlada por tropas russas, disse o diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), Rafael Grossi, à France 24 TV nesta quinta-feira.

Perguntado se as negociações sobre o acesso à usina haviam sido bem sucedidas, Grossi disse: "Estamos muito, muito próximos a isso".

(Reportagem de Francois Murphy)